ADHP realiza mais um congresso em tempo de pandemia

0
13

O XVI Congresso Nacional da Associação dos Diretores de Hotéis de Portugal decorreu, entre 15 e 16 de outubro, na Universidade de Évora, com o tema, “O Futuro Começa Agora”.

A abertura do congresso foi realizada por Raúl Ribeiro Ferreira, presidente da direção da ADHP, que, durante o seu discurso de abertura, destacou o reconhecimento e as competências de todos os profissionais do setor do turismo, nomeadamente as da nova geração.

O primeiro painel abordou questões inerentes à gestão de recursos humanos e à formação bem como a necessária adaptação da cultura organizacional num mundo dominado pela tecnologia. De seguida, no segundo e último painel do dia, foram tratados temas como a aposta na inovação em hotelaria, assim como as novas funcionalidades tecnológicas do setor.

O segundo dia de congresso teve a importância da formação e as novas formas de pensar como tema do primeiro painel. Já o segundo, tratou aquele que é um dos temas chave da atualidade, a sustentabilidade – neste caso, a sustentabilidade aplicada à indústria hoteleira e a certificação ambiental das regiões e da hotelaria. No último painel da manhã, a transformação digital e o ajuste do modelo do negócio aos avanços tecnológicos foram debatidos pelos intervenientes.

Durante a tarde foi discutida a situação dos eventos, uma das áreas mais afetadas pela pandemia, que continua a demandar novas soluções e uma constante adaptação dos profissionais e empresas. O XVI Congresso da ADHP terminou com uma conversa de balanço, focando a constante restruturação vivida pelo setor no sentido de atingir a tão esperada recuperação.

Para encerrar o congresso, Raul Ribeiro Ferreira mencionou um conjunto de temas, preocupações e desafios dirigidos aos governantes e aos profissionais do setor.

Foi, mais uma vez, enfatizada a importância da realização de um congresso presencial e a participação de todos os que para ele contribuíram: um momento de partilha fundamental e já esperado há meses. Foi, ainda, lembrada a urgência da implementação de práticas de sustentabilidade na hotelaria, e a valorização premente dos recursos humanos, por forma a reter o talento nacional. O tema da regularização da carreira de diretor de hotel foi novamente citado como uma necessidade, num apelo à Secretária de Estado.

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, que transmitiu uma mensagem de ânimo para os profissionais e para o setor, lembrou as características únicas do nosso país enquanto destino, e reforçou a importância de um esforço conjunto para a recuperação e para a busca por um melhor turista. Terminou citando o mote do congresso, que completou de forma enfática: “O futuro começa agora, mas depende de todos!”.

No âmbito do congresso decorreu também, no Hotel Évora, dia 15, o jantar de entrega dos “XÉNIOS 2019” – Prémios Excelência na Hotelaria, que anualmente destaca os melhores profissionais do sector.

Este ano os venderores foram: Diretor de Hotel: Carlos Alves, Grupo Vila Galé; Diretor de Alojamento: Susana Querido de Figueiredo, Hotel D. Pedro Lisboa; Diretor de F&B: Miguel Maugi Santos, Hotéis Vila Galé; Diretor Comercial, Marketing & Vendas: Ricardo Barreto, Convento do Espinheiro; Jovem Diretor de Hotel: Vera Sequeira, Pestana CR7 Funchal; Melhor Gestor do Potencial Humano: João Vieira, Corinthia Hotel Lisbon; Empresa de Outsourcing/Parceiro de Negócios: Grupo GM – Amenities Exclusivos.

Além dos prémios atribuídos nas sete categorias, foi entregue o Prémio de Mérito Regional ao Restaurante Fialho, o Prémio de Mérito Turístico a António Ceia da Silva e o Prémio Carreira a Fernando Maia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here