Costa Cruzeiros retomou operações a 1 de maio à partida de Savona

0
47

O Costa Smeralda, navio estrela da Costa Cruzeiros, deixou o porto de Savona no sábado para um cruzeiro de uma semana por Itália. É o primeiro navio da empresa italiana a retomar as operações em 2021, dando início oficial à temporada de verão, durante a qual um total de quatro navios da Costa Cruzeiros irão percorrer o Mediterrâneo.

“Este ano, o 1º de maio assumiu um significado especial para a Costa Cruzeiros. No Dia do Trabalhador, a nossa empresa reiniciou a sua atividade, celebrando a retoma do trabalho, para nós e para toda a indústria de cruzeiros. É com grande satisfação que voltamos a partir de um porto da Ligúria, a região que é a nossa casa há mais de 70 anos”, afirmou Mario Zanetti, presidente da Costa Cruzeiros. “O setor dos cruzeiros e do turismo é fundamental para a recuperação da economia. Esperamos que a retoma sinalize um regresso à normalidade, para nós enquanto empresa, para os nossos passageiros, que temos o prazer de receber de volta, e para todos os fornecedores que trabalham no nosso setor”, adiantou ainda.

O primeiro cruzeiro do Costa Smeralda apresenta um itinerário exclusivamente por Itália, com visitas a Savona e também a Civitavecchia/Roma, Nápoles, Messina, Cagliari e La Spezia. Os passageiros podem reservar o itinerário completo, para férias de uma semana, ou efetuar reservas em minicruzeiros de três e quatro dias, para desfrutar de férias mais curtas.

Os procedimentos de saúde e segurança foram melhorados através da adoção do Protocolo de Segurança da Costa desenvolvido pela empresa em conjunto com especialistas científicos e as autoridades italianas, que inclui medidas operacionais relacionadas com todos os aspetos da experiência de cruzeiro, tanto a bordo como em terra. As medidas incluem a redução do número de passageiros, testes de cotonete para todos os passageiros antes de embarque e a meio do percurso do cruzeiro, testes de esfregaço para a tripulação antes de embarque e regularmente durante a sua permanência a bordo, controlo de temperatura cada vez que os passageiros desembarcam e entram novamente no navio e cada vez que entram em restaurantes, visitas a destinos apenas com excursões protegidas, distanciamento social a bordo e nos terminais, novas formas de usar os serviços a bordo, melhores serviços médicos e de saúde e o uso de máscaras protetoras sempre que necessário.

Quanto à experiência de férias, os passageiros poderão desfrutar de novidades, como um programa de excursões totalmente renovado que lhes permitirá descobrir destinos pouco comuns, exclusivamente para os cruzeiristas da Costa, além de novas propostas de ementas, com menus associados aos locais de visita incluídos no itinerário.

Além disso, o reinício da atividade da Costa Cruzeiros ocorre no navio mais avançado da frota em termos de redução do impacto ambiental. O Costa Smeralda é o primeiro navio de cruzeiro da empresa a operar com Gás Natural Liquefeito, a tecnologia de propulsão mais avançada atualmente disponível para reduzir as emissões para a atmosfera. Todas as necessidades diárias de água do navio são realizadas pela transformação direta da água do mar através da dessalinização, o consumo de energia é reduzido ao mínimo devido a um sistema inteligente de eficiência energética, os resíduos são geridos a bordo com 100% de separação para a reciclagem de plástico, papel, vidro e alumínio.

O Costa Smeralda é o primeiro de um total de quatro navios que vão operar para a Costa Cruzeiros no verão de 2021, oferecendo cruzeiros pelo Mediterrâneo. A 16 de maio, o Costa Luminosa voltará a operar, oferecendo cruzeiros de uma semana para a Grécia. No dia 26 de junho, o Costa Deliziosa volta a realizar cruzeiros de uma semana também para a Grécia. A 4 de julho, o Costa Firenze, o novo navio inspirado no Renascimento florentino, partirá para um itinerário de uma semana por Itália. Juntamente com o regresso do Costa Firenze, a partir de 3 de julho, o Costa Smeralda voltará aos itinerários internacionais, com cruzeiros de uma semana por Itália, França e possivelmente Espanha, assim que as autoridades o permitirem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here