Dubai obriga os hotéis a cumprirem requisitos de sustentabilidade até 1 de julho

O objetivo é melhorar e unificar as práticas ambientais dos hotéis no Dubai e aumentar a competitividade da economia ligada ao turismo

Uma diretiva do Turismo do Dubai determina que todos os hotéis têm que cumprir os “Requisitos de Sustentabilidade para Estabelecimentos Hoteleiros” até ao dia 1 de julho de 2021, conforme definido pelo Dubai Sustainable Tourism (DST). Esta iniciativa tem o propósito de aumentar ainda mais a posição do Dubai enquanto um dos principais destinos de turismo sustentável do mundo.

De acordo com a diretiva, os hotéis devem retomar a comunicação mensal de drivers de emissão de carbono, para que a longo prazo possam melhorar o desempenho da sustentabilidade no setor. Em 2019, o turismo do Dubai treinou 528 hotéis na implementação desses padrões de sustentabilidade, estando atualmente a planear um novo webinar de atualização, antes de julho de 2021.

Segundo Yousuf Lootah, vice-presidente do Dubai Sustainable Tourism “No ano passado, a força da indústria do turismo da cidade refletiu-se na reabertura segura e bem-sucedida do destino para visitantes nacionais e internacionais. Em alinhamento com a estratégia mais ampla de redução de carbono na cidade, sabemos que o turismo também pode ser uma área onde o Dubai realmente se define enquanto referência ao nível global, com práticas de sustentabilidade e responsabilidade social corporativa e com visão de futuro. Recomendamos fortemente que os hotéis cumpram os 19 Requisitos de Sustentabilidade definidos pelo Turismo de Dubai e forneçam informações para a Calculadora de Carbono até 1 de julho. Sabemos que, com o apoio contínuo dos organismos estatais, esses estabelecimentos hoteleiros podem desempenhar um papel importante no cumprimento da meta geral de redução das emissões de carbono, já a partir do próximo ano.”

Os 19 Requisitos de Sustentabilidade incluem abordagens de gestão sustentável, métricas de desempenho, planos de gestão de energia, alimentos e água, educação de hóspedes, iniciativas de formação de funcionários, presença de comités de sustentabilidade em estabelecimentos hoteleiros e programas de responsabilidade social corporativa para comunidades locais. Através da melhoria das operações internas de sustentabilidade, os estabelecimentos hoteleiros, por sua vez, aumentarão a competitividade da economia ligada ao turismo do Dubai. Esses requisitos apoiam o objetivo estratégico de redução das emissões de carbono em 16% até 2021.

Desde a sua criação, em janeiro de 2017, a Calculadora de Carbono – parte da Tourism Dirham Platform, é uma ferramenta que mede a pegada de carbono no setor hoteleiro no Dubai. Mensalmente, os hotéis enviam o seu consumo de 11 fontes de emissão de carbono, incluindo: eletricidade, refrigeração distrital, água, resíduos, combustível para transporte, combustível para geradores, extintores de incêndio e gás liquefeito de petróleo. Essas informações são agregadas e analisadas permitindo obter perceções valiosas sobre a pegada de carbono coletiva do setor. Além disso, ao formular uma linha de base junto com um rastreamento consistente, essas informações permitem ainda que os hotéis entendam melhor o seu consumo de energia, água e resíduos e identifiquem oportunidades de redução de custos bem-sucedidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here