Ferramenta de previsão de dados para gestores do turismo vence Hackathon Mind The Tourism

0
23

Hotel California, equipa que desenvolveu uma ferramenta de machine learning para a previsão de dados para gestores de empresas de turismo, em particular hotelaria, foi a vencedora do Hackathon Mind The Tourism. A maratona decorreu no passado fim de semana e foi a última fase do Mind The Tourism – mind your footprint, mind your health, programa de inovação do NEST – Centro de Inovação do Turismo com o objetivo de mapear oportunidades de inovação no turismo e de promover a criação de soluções tecnológicas de base sustentável, prontas a testar no mercado.

Em segundo lugar ficou a Mosey, um marketplace que liga as pessoas à cultura, com experiências mais agradáveis através de um formato gestão de filas inteligente, e a EcoWay LX, uma aplicação para ajudar as pessoas a escolher e organizar experiências de viagens alternativas, através da consulta de informação de impacto ambiental, assim como a escolher as opções mais saudáveis, num determinado percurso. Para além dos três finalistas, foram distinguidas a Nøytrall​, uma equipa que desenvolveu uma calculadora de emissões de carbono para medir o impacto das viagens por turista através das informações sobre o transporte, alojamento, refeições, entre outros; e a The Green Journey Challenge, um sistema gamificado para incentivar a uma utilização mais eficiente da água e da energia.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado do programa e com todo o conhecimento, oportunidades e soluções concretas que foram geradas neste curto espaço de tempo. Estamos confiantes de que muitas destas soluções terão um percurso relevante no mercado, mas mais do isso, queremos que a comunidade que se encontrou neste programa continue a crescer, a discutir tendências e a criar soluções para um turismo mais sustentável e com melhores respostas para a nossa saúde”, explica Roberto Antunes, diretor executivo do NEST.

O hackathon Mind The Tourism, de 48 horas, 75 participantes de nove nacionalidades foram desafiados a desenvolver soluções tecnológicas e baseadas em dados, dentro das áreas de Sustentabilidade, Segurança, Saúde e Bem-Estar para o setor do turismo. Esta foi a concretização da segunda fase do programa Mind The Tourism – Mind your Footprint, Mind Your Health, organizado em conjunto com a Planetiers, entidade que promove a mudança sustentável, e a Universidade Nova de Lisboa, através da ToHo – Plataforma de Turismo e Hospitalidade e do NOVA Impact, e que juntou mais de 180 pessoas da comunidade desde especialistas do setor, a PME, startups, passando pela comunidade académica, corporates e profissionais.

Antes da maratona os participantes tiveram acesso a workshops dinamizados por organizações como a Microsoft, Nova IMS, Planetiers e Nova SBE, assim como a oportunidade de networking com empresas do setor como a Vila Galé ou a Fidelidade. Consistiu numa série de doze talks e roundtables sobre os temas: Pacto Ecológico Europeu, Alterações Climáticas, Pegada do Carbono e Soluções, Big Data para o Carbono e Soluções, Soluções Circulares e Disruptivas, Turismo Future-Fit, Mobilidade Sustentável nas Cidades, Restauração Saudável e Ecológica, Alojamento Seguro, Saudável e Sustentável e Eventos de Futuro. Todas as sessões foram gravadas e estão disponíveis no site do programa: mindthetourism.com.

Desde a sua criação que o NEST – Centro de Inovação do Turismo promove a inovação, a sustentabilidade e a adoção de tecnologia na cadeia de valor do turismo. Uma das suas grandes missões é ser um centro facilitador na transição das PME’s do turismo para a economia digital com envolvimento de universidades, indústria e startups inovadoras. A equipa considera que este é o momento para a reinvenção do turismo onde a sustentabilidade é seguramente um pilar fundamental e onde Portugal conta com todos os recursos para crescer e se destacar internacionalmente.

Foi nesse contexto que o NEST lançou o Mind The Tourism – um programa de inovação que intersecciona as áreas do turismo, sustentabilidade e tecnologia, enquanto oportunidade sistémica para o país. A iniciativa visa contribuir para o estímulo do empreendedorismo na atividade turística de base sustentável e promover o desenvolvimento de novas ideias e modelos de negócio com capacidade transformadora do setor, nomeadamente do ponto de vista da mitigação do impacto ambiental das várias fases da jornada do turista, desde o momento em que chega ao destino até ao momento em que regressa ao local de origem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here