Qatar Airways oferece mais conectividade a nível global

0
17

A Qatar Airways continua a retomar a sua conetividade de voos para pouco mais de metade dos destinos que operava antes da COVID-19. Desde o início da pandemia, a rede Qatar Airways nunca caiu abaixo de 30 destinos com serviços contínuos para cinco continentes. Até meados de setembro, a companhia aérea nacional do Estado do Qatar operará mais de 650 voos semanais para mais de 85 destinos, fornecendo opções de viagem mais flexíveis para destinos mais globais comparativamente a outra companhia aérea.

Durante o mês de setembro, a companhia aérea vai retomar voos para os seguintes destinos: Houston (três voos semanais iniciados a 2 de setembro aumentando para quatro semanais a partir de 15 de setembro); Kathmandu (um voo semanal a partir de 5 de setembro); Mogadíscio (três voos semanais a partir de 6 de setembro); Filadélfia (três voos semanais a partir de 16 de setembro) e Sialkot (três voos semanais iniciados em 1 de setembro)

A variedade de aviões eficientes e a gestão estratégica de redes da companhia aérea também permitiu aumentar as frequências nos seguintes destinos, fornecendo opções de viagem mais flexíveis aos passageiros: Ancara (voos diários a partir de 1 de setembro); Basra (voos diários a partir de 2 de setembro); Djibuti (seis voos semanais a partir de 6 de setembro); Erbil (11 voos semanais a partir de 3 de setembro); Ho Chi Minh (voos diários a partir de 15 de setembro); Londres Heathrow (quatro voos diários a partir de 1 de setembro); New York JFK (voos diários duplos a partir de 1 de setembro) e Sulaymaniyah (voos diários a partir de 2 de setembro).

Para garantir que os viajantes possam planear as viagens com tranquilidade, a companhia aérea ampliou as políticas de reserva para oferecer ainda mais opções aos seus passageiros. A companhia aérea permitirá mudanças ilimitadas de data, e os passageiros podem mudar o destino quantas vezes precisarem se estiver dentro de 5.000 milhas do destino original. A companhia aérea não cobrará nenhuma diferença tarifária para viagens concluídas antes de 31 de dezembro de 2020, após as quais as regras tarifárias serão aplicadas. Todos os bilhetes reservados para viagens até 31 de dezembro de 2020 serão válidos por dois anos a partir da data de emissão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here