Quinta do Pessegueiro reabre enoturismo

A Quinta do Pessegueiro, na região do Douro, abre as portas aos visitantes já este fim de semana, dia 12 de julho, para atividades de enoturismo com todas as medidas de segurança impostas pela Direção Geral de Saúde.

om o novo programa de enoturismo da Quinta do Pessegueiro dividido em três modalidades – Visita Clássica, Douro e Prestígio – os visitantes poderão conhecer as vinhas, a história da Quinta do Pessegueiro, degustar os vinhos acompanhados pelos produtos regionais e conhecer os segredos de produção numa visita à adega.

A Visita Clássica compreende uma viagem guiada à adega e a prova de três vinhos DOC. Tem uma duração de 45 min e um valor de 15€ por pessoa. Já a Visita Douro, para além do percurso pela visita à adega, inclui uma degustação de três vinhos DOC e dois vinhos do Porto durante 1 hora e 15 minutos por 20€ por pessoa. Por sua vez, a Visita Prestígio proporciona, por 2 horas e por 35€ por pessoa, uma visita guiada à adega e à vinha e uma prova de uma seleção especial de 6 vinhos (DOC e Porto) com charcutaria local a acompanhar.

No final da visita é possível adquirir os produtos da quinta: mel, vinhos e ainda o azeite produzido na propriedade.

Todas as reservas devem ser marcadas antecipadamente.

Propriedade de Roger Zannier desde 1991, a Quinta do Pessegueiro está dividida em três parcelas: Teixeira, Pessegueiro e Afurada. Os vinhos são elaborados a partir de métodos tradicionais, como a pisa a pé em lagar de granito e a utilização de leveduras indígenas.

A adega, erguida no coração da propriedade, distingue-se pela sua extraordinária arquitetura que, aliada à tecnologia e a noções de desenvolvimento sustentável, consome energia a partir de fontes renováveis e utiliza a gravidade natural ao longo de todo o processo de produção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here