Segunda-feira, Dezembro 11, 2017
Tags Post com a tag "Guiné Bissau"

Guiné Bissau

0

A Soltrópico acaba de lançar a sua programação para Guiné Bissau – Arquipélago de Bijagós, com partidas às sextas-feiras de Lisboa, a operação inicia a 31 de março e termina a 20 de outubro 2017.

O pacote de cinco noites com partida de Lisboa tem um preço desde de 1419 euros, em regime de pensão completa, no Hotel Ecolodge Ponta Anchada, unidade hoteleira de quatro estrelas.

Inclui passagem aérea em voos EuroAtlantic Lisboa / Bissau / Lisboa, em classe U, com direito a 2 PC de bagagem, 5 noites no Arquipélago das Bijagós, nos hotéis mencionados e regime indicado, transfers aéreo e de barco, seguro de viagem Soltrópico Global, Taxas de aeroporto, combustível e segurança (384€ – sujeito a alterações até à data da emissão).

0

A euroAtlantic airways (EAA), em colaboração com o Ministério do Turismo e Artesanato da Guiné-Bissau, traz à BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa a oferta hoteleira do arquipélago guineense, que o sítio Discover Bijagós, criado pela autoridade do local sector, já depois da visita da primeira Fam Trip de Operadores Turísticos Portugueses à Guiné-Bissau, realizada com o apoio da companhia. Os resultados começam a torna-se visíveis, com os Operadores Portugueses a colocarem no mercado os primeiros programas para o arquipélago dos Bijagós, combinados com o destino Bissau. 

O stand da euroAtlantic airways na BTL (3F08) será um ponto de encontro dos resorts, Bob Fishing Club da ilha de Rubane, Ilha de Kére da ilha de Kére, Orango Park Hotel da ilha de Orango, Dakosta Island Beach Camp da ilha de Bubaque e do surpreendente Ponta Anchaca da ilha de Rubane, com o trade e visitantes. No espaço da EAA, que promove os destinos da companhia, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe, será também ponto de passagem dos profissionais da principal unidade da capital, o Hotel Ledger Plaza Bissau (5*) da cadeia Laico Hotels.

A euroAtlantic airways liga em voo regular (4 horas) Lisboa a Bissau, de onde, por via aérea ou marítima, é possível chegar aos Bijagós, paraíso cartão postal na África Ocidental que tem a particularidade de estar organizado em sociedade matriarcal. Ao contrário de mercados emissores como os Estados Unidos, França, Bélgica ou Polónia, é pouco conhecido dos portugueses. Nas suas praias quase desertas e águas cristalinas, habitam os últimos hipopótamos do planeta de água salgada (já são menos de 200), desovam enormes tartarugas verdes e há hábitos ancestrais (destes é o exemplo seguinte; um homem se vê a sua roupa à porta ao chegar a casa, fica a saber que a sua relação matrimonial acabou, sem recurso a reconciliação.

A euroAtlantic airways está a apoiar com prazer o desenvolvimento da economia guineense por via da indústria do Turismo. Os Operadores Turísticos estão a distribuir pelas Agências de Viagens, pacotes combinados com Bissau para as oitenta e oito (88) ilhas dos Bijagós, reserva da UNESCO da biosfera (1996). Algumas características das unidades hoteleiras presentes na BTL revelam, na ilha de Rubane o Ponta-Anchaca (pequenos aviões operam o transfer dos clientes de Bissau), dispõe das mesmas comodidades de uma unidade hoteleira nas Caraíbas, recebe personalidades da vida social e empresarial mundana. O Bob Fishing Club tem taxas de ocupações esgotadas ao longo da época pesca desportiva. Na ilha de Bubaque, o exótico DaKosta Island Beach Camp, é uma alternativa ecológica, um museu ao ar livre de riquezas culturais e tradicionais. De Orango, a ilha dos hipopótamos, vem à Feira de Turismo de Lisboa o Orango Park Hotel e da ilha Kére, chega um resort com o mesmo nome, para demonstrar que ali fica mesmo o paraíso.   

 

0

A TAP vai retomar a sua operação de voos para Bissau a partir do dia 1 de dezembro deste ano, passando a ligar Portugal à capital da Guiné-Bissau com duas frequências semanais. A inclusão de Bissau na Rede da transportadora aérea nacional vem reforçar o seu posicionamento no continente africano, onde dispõe de forte presença, e insere-se no âmbito da orientação prosseguida, que considera África um dos seus mercados estratégicos.

Nesta linha, a TAP tem vindo a reforçar sistematicamente a sua oferta para África ao longo do presente Verão IATA, com o crescimento de frequências face ao período homólogo do ano passado, designadamente para Marrocos, mercado em que duplicou o número de frequências semanais para Casablanca, passando para 14, e acrescentou três frequências por semana para Marraquexe e mais duas para Tânger.

Os voos  para a Guiné-Bissau vão realizar-se às quintas-feiras e sábados, no sentido Lisboa / Bissau, com partida às 21:50 e chegada às 02:00. No regresso, os voos saem de Bissau todas as sextas-feiras e domingos, pelas 02:50, chegando a Lisboa às 06:00.

Com a abertura de voos para Bissau, a TAP passa a servir um total de 14 destinos em África, e de acordo com os indicadores de tráfego disponíveis são evidentes os sinais positivos resultantes da sua aposta contínua nesse mercado, com o aumento de 6% no número de passageiros transportados no último mês de Julho.

No âmbito do reforço das suas ligações ao continente africano, a TAP tem também já programado o reforço da sua oferta para o próximo Inverno, nomeadamente para as cidades da Praia, Sal e São Vicente, em Cabo Verde, que terão, no total, um aumento de oito frequências por semana, face ao período homólogo do ano passado. Igualmente Dakar, no Senegal, terá crescimento da oferta com mais três frequências semanais e São Tomé mais uma frequência por semana.

 

0

A Royal Air Maroc lança uma nova grelha com promoções para Angola e Guiné Bissau, já a partir de 28 de Janeiro de 2016.

A grelha tarifária, a qual contemplava apenas tarifas para 1 ano, passou a ter tarifas bem mais competitivas para períodos de 1, 3 e 6 meses.

Trata-se de uma promoção muito atraente para quem quer ir a Angola ou Guiné-Bissau: Luanda a partir de 549 euros (já com taxas incluídas); e Bissau a partir de 449 euros (também já com taxas incluídas).

As passagens promocionais são de ida e volta e podem ser vendidas até dia 29 de Fevereiro de 2016, para viagens compreendidas no período entre 28 de Janeiro de 2016 e 31 de Maio de 2016.

Os preços incluem todas as taxas aeroportuárias, assim como transporte de duas malas de 23 kg cada como bagagem de porão e ainda uma bagagem de mão até 10 kg.

A companhia oferece 6 voos por semana para Bissau e 3 ligações semanais para Luanda. Os voos partem sempre de Lisboa às 16h00, efetuando uma escala no aeroporto de Casablanca. Para Luanda, a companhia opera todas as terças, quintas e domingos; já para Bissau há voos todos os dias, exceto às terças-feiras.

O voo entre Casablanca e a Guiné-Bissau é operado em Boeing 737-800 com uma capacidade para 12 passageiros em classe Business e 147 em Económica; enquanto que o voo para Luanda opera em Boeing 767-300, com lotação máxima de 224 passageiros em classe Económica e 10 em Business.

A Royal Air Maroc afirma que as promoções visam estimular o intercâmbio entre estes dois mercados. Estes preços atraentes vêm impulsionar um arranque positivo para o ano 2016 para a companhia de bandeira marroquina, presente em Portugal há quase 41 anos.