Domingo, Fevereiro 23, 2020
Tags Post com a tag "Melhor Destino Europeu"

Melhor Destino Europeu

0

Portugal foi eleito o Melhor Destino Turístico Europeu pelo terceiro ano consecutivo pelos World Travel Awards, numa cerimónia que decorreu, este sábado, na Madeira.

Esta distinção foi atribuída pela primeira vez ao nosso país em 2017, renovada em 2018 e novamente atribuída em 2019, o que consolida o reconhecimento internacional de Portugal como destino turístico e mostra como estamos no top das preferências dos turistas internacionais. Além de Portugal, estavam nomeados para este prémio Áustria, Inglaterra, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Noruega, Espanha, Suécia, Suíça e Turquia.

No total, Portugal recebeu 39 prémios (mais três do que em 2018). Além do prémio de Melhor Destino Europeu, Lisboa recebeu o prémio de Melhor Destino de City Break e Melhor Porto de Cruzeiros, a Madeira foi eleita o Melhor Destino Insular, os Passadiços do Paiva ganharam o prémio de Melhor Projeto de Desenvolvimento Turístico e o Dark Sky Alqueva recebeu o Prémio Europeu de Turismo Responsável.

O Turismo de Portugal recebeu o prémio de Melhor Organismo Oficial de Turismo.

Para o Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, “é uma enorme satisfação receber o ‘óscar’ de Melhor Destino Europeu pelo terceiro ano consecutivo. Nos últimos anos, Portugal tem-se assumido como um destino imperdível e irresistível, e o facto de conquistarmos esta distinção de forma consecutiva mostra que a nossa estratégia está certa, dá frutos e é consistente.

É um orgulho especial ver que, depois de em março termos sido eleitos o Destino Mais Sustentável da Europa, continuemos a ganhar prémios de sustentabilidade, como acontece nos Passadiços do Paiva e no Dark Sky Alqueva. Estamos cada vez mais perto de sermos o destino mais sustentável do mundo”.

De recordar que Portugal foi eleito, em 2018, o Melhor Destino do Mundo pelo segundo ano consecutivo.

0

Depois da eleição como “Melhor Destino Europeu 2017”, a cidade do Porto volta a estar em destaque, sendo, agora, apontada como a que mais vai crescer no que diz respeito a receitas hoteleiras em 2017 e 2018. Este dado –que integra o estudo “European cities hotel forecast”, divulgado pela consultora PwC – atesta a importância crescente que o Porto vem conquistando a Norte de Portugal.

Para Filipe Guimarães, diretor executivo da Associação de Turismo do Porto e Norte (ATP), “estes dados vêm confirmar o crescimento da região e que o Porto é hoje uma cidade que ganhou um lugar de destaque na Europa enquanto destino turístico”. O responsável pela ATP revelou que “este claro crescimento vem certificar o potencial de um destino que ainda tem várias oportunidades para explorar, sempre de uma forma equilibrada e sustentada”.

Porto com um crescimento de 15 por cento em 2017
Refira-se que os resultados do estudo – que antecipa as receitas dos hotéis de 17 grandes cidades europeias – revelam que o Porto deverá ser aquela com um maior crescimento de rentabilidade em 2017 e 2018. O indicador que o comprova é o RevPAR, ou seja, o rendimento por quarto disponível, uma medida de comparação de rentabilidade entre hotéis. Para este ano, o Porto lidera com um crescimento de 15 por cento. A PwC estima, ainda, que, em 2018, o Porto atinja um crescimento de 12,8 por cento, sendo mesmo a única cidade europeia a crescer a dois dígitos nesse ano.

Além do Porto, a cidade de Lisboa surge também nesta tabela, com uma expectativa de subida do RevPAR de 5,6 por cento este ano e de 6,8 por cento em 2018. Existem, ainda, outros indicadores no estudo que merecem destaque, nomeadamente as cidades mais caras do mundo em termos de alojamento hoteleiro. Entre as 17 analisadas, Dublin destaca-se no campo da ocupação média, uma vez que a escassez de oferta leva a que tenha a mais alta ocupação nos próximos dois anos (83 por cento). Lisboa deverá manter a nona posição, com uma ocupação que subirá de 74 para 76 por cento, enquanto o Porto poderá ganhar duas posições, ultrapassando Viena e Lisboa. Já no que se refere ao custo médio por noite, a liderança pertence a Genebra, seguida por Zurique, Paris, Londres e Roma. No que toca à rentabilidade, medida pela receita por quarto disponível, os resultados são semelhantes: Genebra, Zurique, Paris e Londres, seguida por Dublin.

0

A campanha “Porto – Melhor Destino Europeu 2017” é lançada oficialmente amanhã, quarta-feira, 25 de janeiro. A apresentação, agendada para as 18h30, decorre no Sheraton Porto Hotel & Spa e conta com a presença de Manuel Aranha – vereador do Comércio, Turismo e Fiscalização – e de Miguel Espregueira Mendes Pereira Leite – presidente da Assembleia Municipal do Porto. No evento será revelado o vídeo oficial da campanha, no qual Pedro Abrunhosa, Miguel Guedes, Miguel Araújo, Rúben Neves, Felipe, entre outros, dão a cara pelo Porto. Alguns desses nomes marcarão presença no evento que se destina maioritariamente a target online, isto é, bloggers e instagrammers, que se assumem como parte fundamental no sucesso da campanha pelo seu poder de mobilização e representatividade no setor fashion & lifestyle.

Relembre-se que as votações para a eleição do “Melhor Destino Europeu 2017” já arrancaram e decorrem até ao meio dia de 10 de fevereiro, sendo que o Porto – que concorre, este ano, com mais 19 cidades europeias, entre elas Paris, Londres, Barcelona ou Milão – quer voltar a arrecadar o título. As votações europeias podem ser realizadas on-line em www.voteporto.com, num processo muito simples, que dispensa registo. A campanha, além dos embaixadores, conta, ainda, com um conjunto alargado de parceiros institucionais, entre os quais se destaca o Futebol Clube do Porto, a Fundação de Serralves, a Casa da Música, o Teatro Nacional São João ou a Metro do Porto, e visa potenciar as votações no Porto, a única cidade nacional a concurso.