Tesla Model X: O prazer de conduzir um automóvel elétrico de luxo

Tesla Model X: O prazer de conduzir um automóvel elétrico de luxo

0

Por Sílvia Guimarães

O Tesla Model X, o primeiro SUV da marca norte americana, propriedade do multimilionário Elon Musk, é um dos automóveis elétricos mais conceituados e procurados do mundo e a VIAJAR MAGAZINE consegue perceber bem o porquê.

Este foi, sem dúvida, o veículo mais incrível que alguma vez já tivemos o prazer de conduzir. Não por ser elétrico, não por ser um carro de um valor avultado, mas sim pelo seu conforto, enorme espaço interior, capacidade de resposta e tecnologia de ponta, ideal para quem pretende fazer turismo de luxo e levar a família de férias pela Europa.

O que mais impressiona

Com capacidade máxima para sete pessoas, o Tesla Model X P100D (a versão que experimentámos) impressiona, desde logo, não fossem as portas laterais traseiras abrirem para cima, ao estilo “gaivota”, chamadas de Falcon Wings (precisam apenas de 30 cm de espaço para que possam abrir). Um touch screen de 17 polegadas, ao centro do tablier, também nos consegue “tirar do sério” assim que conseguimos perceber como funciona e as inúmeras opções que apresenta ao condutor e a quem o acompanha na viagem. No entanto, o mais incrível é mesmo a possibilidade de ir dos 0 aos 100km/h em apenas 3.1 segundos… sim leu bem! Apenas 3.1 breves segundos. Sempre com a máxima segurança a que a Tesla já habituou os seus clientes.

O “K.I.T.T.” da nova geração

Apesar de ser proibido em Portugal e nos restantes países da União Europeia, o Tesla Model X está ainda dotado de condução autónoma. O que é isto exatamente? Basta clicar num botão do enorme touch screen para o veículo começar a conduzir sozinho, sempre a uma velocidade e distância seguras de outros automóveis, prevenindo assim obstáculos que possam surgir.

“Supercarregadores” espalhados por todo o país

E que se desengane quem pensa que não poderá fazer uma viagem grande com este modelo da Tesla sem correr o risco de ficar pelo caminho sem bateria. A Tesla tem já ao dispor dos seus clientes “supercarregadores” capazes abastecerem a viatura em 30 minutos. Mas cuidado: se chegar a um desses lugares com a autonomia muito reduzida, o tempo de carregamento poderá durar até uma hora. Nada que não possa fazer durante um almoço, jantar ou numa pausa para um cafezinho, dado que estes estão situados em locais onde poderá de alguma forma ocupar o seu tempo. E para saber se o automóvel já está com a carga máxima, basta aceder a uma APP para o efeito que ela “dir-lhe-á” tudo o que precisa.

Mas, tenha atenção, que os “supercarregadores” são para utilizar apenas se necessitar mesmo para não correr o risco de viciar as baterias. No dia a dia deverá carregar o veículo em casa com um adaptador de corrente da Tesla ou, caso não o tenha, o carregamento total poderá chegar às 48 horas.

Autonomia superior a 500 km

Se quer saber, embora no portfólio do Tesla Model X diga que a sua autonomia é de 542 km, verdade é que se tiver “pé pesado” essa poderá descer para pouco mais de 400 km, (assim como acontece nos veículos a combustão fóssil). Tudo depende do seu modo de condução. Mas sempre sem se preocupar por os “supercarregadores” estão presentes de norte a sul para o ajudarem (Vila Real, Porto, Guarda, Fátima, Lisboa, Montemor-o-Novo, Alcácer do Sal e Alcantarilha), já para não falar das centenas que há espalhadas por toda a Europa, sempre de forma gratuita.

Três versões: 75D, 100D e P100D

Apesar de termos experimentado o Model X P100D, a Tesla tem mais duas versões disponíveis deste modelo, o 75D e o 100D.

O 75D tem uma bateria de 75kWh, com uma autonomia até 417 km e carregamento de 9 horas. Com uma potência de 333 cv, poderá ir dos 0 aos 100 km/h em 5,2 segundos. A sua velocidade máxima é de 210 km/h.

Já o modelo 100D poderá chegar aos 565 km, tem uma bateria de 100kWh, e precisa de 12 horas para carga total. Dos 0 aos 100 km/h são precisos apenas 4.1 segundos e a velocidade máxima que atinge é 250 km/h.

O P100D, que tivemos o prazer de conduzir, apesar de ter baterias idênticas às do 100D, a potencia do seu motor é de 612 cv. A autonomia é de 542 km e consegue atingir em 3.1 segundos uma velocidade de 100 km/h. Para o carregar são precisas 11 horas e, tal como o 100D, consegue atingir os 250 km/h.

De cinco a seis lugares espaçosos

Este SUV é ideal para o Turismo de Luxo. A possibilidade de configuração interior, para cinco, seis ou sete pessoas, dá ainda a hipótese de melhor uso da viatura. Mesmo com sete lugares, a garantia é de um carro muito espaçoso, dado que a distância entre eixos é de 2,965 metros e a segunda fila poderá movimentar-se mais para a frente para que as pessoas que irão sentadas fila de trás possam ter todo o espaço e conforto exigidos durante a viagem.

Veredito final

Ideal para empresas de Turismo transportarem os seus clientes de luxo, o Tesla Model X promete não deixar ninguém decepcionado, desde o condutor aos restantes ocupantes. As suas atualizações constantes de software, GPS em tempo real e ligação constante à internet, permitem uma viagem única com todos os luxos que apenas a Tesla tem para oferecer aos amantes dos veículos elétricos.

Posso garantir que me senti muito elegante ao conduzir este “deus” dos veículos elétricos, mas certo é que um senhor também irá encontrar todo o estilo que procura ao ser visto a rolar pelas estadas de Portugal ao volante de um Tesla Model X.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply