Travelport continua a impulsionar performance da indústria

0
452

A Travelport acaba de celebrar um marco importante em relação à sua tecnologia de merchandising líder de mercado. Lançado há três anos no CAPA Aviation Summit em Dublin, na Irlanda, o conjunto de produtos de merchandising da Travelport tem vindo a crescer, sendo que a multinacional está a destacar-se acima dos seus pares no canal de distribuição. Para marcar este momento, a Travelport vai também lançar novas iniciativas.

O Merchandising Suite da Travelport é composto por três componentes, desenvolvidos para ajudar a transformar a maneira como as companhias aéreas entregam os seus produtos aos agentes de viagens. O Aggregated Shopping integra, nos mesmos ecrãs de venda, as ofertas das companhias aéreas que fornecem os seus produtos através dos meios tradicionais como o ATPCo e aquelas que fornecem os seus conteúdos através de uma conexão direta Application Programming Interface (API).
Os Ancillary Services permitem aos agentes de viagens vender um maior número de serviços auxilares ao voo, como os lugares premium, o acesso ao fast track na segurança dos aeroportos, o despacho de bagagem, os passes do lounge, entre outras opções, diretamente através do ponto de venda da Travelport. O terceiro componente da plataforma é o Travelport Rich Content and Branding, que inclui as Fare Families, e garante que as companhias aéreas exibam de forma mais eficaz a sua gama completa de produtos para venda às agências de viagem exatamente como o fazem nos seus websites. Esta funcionalidade inclui descrições detalhadas de produtos e imagens, serviços opcionais e os conjuntos oferecidos em cada família de tarifas.
Neste momento, 150 companhias aéreas de bandeira e low cost já aderiram ao Travelport Rich Content and Branding, incluindo a British Airways, Iberia SAS e a JetBlue. A forte adesão das companhias aéreas, principalmente no ano passado, comprova o valor que a tecnologia da Travelport tem em impulsionar as receitas e descrever de forma detalhada os produtos e serviços que as companhias oferecem de uma forma que os GDS tradicionais de “green screen” não conseguem fazer de forma eficaz.
Graças a este sucesso, a Travelport também passou a permitir que as companhias aéreas façam ofertas personalizadas às agências de viagens e a empresas que utilizem os serviços das Travel Management Companies. As ofertas à medida estão já a ser utilizadas por algumas companhias áereas como a Air India que dá a oportunidade aos agentes sedeados no Reino Unido de oferecerem aos clientes que reservem voos em classe executiva a possibilidade de marcarem também um serviço de limusine para o aeroporto. Também a TAM Airlines está a oferecer aos seus clientes de classe económica no Reino Unido a oportunidade de usarem o lounge de classe executiva da British Airways no Terminal 3 do aeroporto de Heathrow, em Londres.
Derek Sharp, vice presidente sénior da Travelport e diretor administrativo de Air Commerce, celebra as conquistas da multinacional: “Estamos muito satisfeitos por estar a festejar um marco tão importante na evolução da tecnologia de merchadising da Travelport que agora lidera a indústria de viagens por uma margem considerável. Alcançar as 150 companhias aéreas que utilizam o Rich Content and Branding, incluindo as Fares Families, é uma conquista fantástica”.
Derek Sharp sublinha que não descansam sobre os louros e que estão atentos ao que dizem as companhias aéreas e às suas necessidades na distribuição dos produtos, ao mesmo tempo que continuam a garantir a eficiência aos agentes de viagens. “Os novos desenvolvimentos que permitem ofertas personalizadas e à medida a empresas individuais e agências de viagens ilustram a nossa estratégia de relacionamento com as companhias aéreas de forma a oferecer ainda mais valor”, sublinha o responsável da Travelport.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here