Turismo do Norte: Melchior Moreira detido por suspeitas de corrupção

Turismo do Norte: Melchior Moreira detido por suspeitas de corrupção

0

O presidente do Turismo do Porto, Melchior Moreira, foi detido esta quinta-feira, 18 de outubro, juntamente com outras quatro pessoas, por suspeitas de corrupção, tráfico de influências e participação económica em negócio, no âmbito da Operação Éter. Os detidos serão presentes a tribunal durante o dia de amanhã, 19 de outubro.

Segundo dados avançados, em comunicado, pela Polícia Judiciária, foram ainda detidos outros dois dirigentes da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, assim como dois empresários da região norte do país.

No comunicado pode-se ler  que as detenções devem-se sobretudo “a presumível prática reiterada e continuada da viciação de procedimentos de contratação pública, cujos valores ascendem a vários milhões de euros”. Mais adiante, o mesmo comunicado da PJ, afirma que “a investigação, centrada na atividade da uma pessoa coletiva pública, determinou a existência de um esquema generalizado, mediante a atuação concertada de quadros dirigentes, de viciação fraudulenta de procedimentos concursais e de ajuste direto com o desiderato de favorecer primacialmente grupos de empresas, contratação de recursos humanos e utilização de meios públicos com vista à satisfação de interesses de natureza particular”.

A anteceder as detenções, a PJ realizou 11 buscas domiciliárias e não domiciliárias nas regiões de Gaia, Lamego, Matosinhos, Porto, Viana do Castelo e Viseu. Em campo estiveram 50 agentes.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply