53% dos britânicos a favor de isenção de visto para turistas comunitários...

53% dos britânicos a favor de isenção de visto para turistas comunitários após o Brexit

0

Após o primeiro aniversário da celebração do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia, um estudo desenvolvido para a eDreams ODIGEO pela YouGov1 constatou que a maioria dos britânicos está contra o pagamento de um visto por parte de cidadãos da União Europeia para visitar o seu país após o Brexit. O mesmo estudo demonstra que 53% não acredita que os cidadãos europeus devam solicitar visto de turista aquando da sua visita ao país, ainda que 47% temam que eles sim vão ter de o fazer para viajar pela Europa.

A partir de 29 de março de 20192, a livre circulação de pessoas garantida pela pertença à União Europeia deixará de ter efeito, pelo que podem aplicar-se restrições para este país. Entre essas possíveis medidas, o Reino Unido poderá colocar em funcionamento um visto, necessário para solicitar o acesso em regime de turista2, como sucede já com outros turistas fora da comunidade. Se este sistema de visto pago for introduzido, 49% dos inquiridos por YouGov para a eDreams ODIGEO considera que o preço para os viajantes europeus e para os britânicos deveria fixar-se ao mesmo nível.

Ao perguntar-lhes porque motivos preferiam que o visto para os turistas europeus fossem gratuito ou barato, 62% dos entrevistados destacou o carácter acolhedor do Reino Unido, enquanto 58% acredita que seria mais benéfico para a sua economia. Para além disso, 56% também consideram que fomentaria um bom relacionamento com outras nações da União Europeia.

O estudo mostra diferenças de opinião face à idade e origem. As gerações mais jovens são as que mais se opõem à introdução de um visto pago para os visitantes do Reino Unido (62% frente a 53% global). Por local de residência destacam-se os londrinos, com 80% contra a introdução deste visto, e os escoceses, com 62%. Por outro lado, no noroeste do país, até 45% dos inquiridos apoiaria esta medida.

Portugal é o 6º destino de todo o mundo mais procurado pelos turistas britânicos, segundo dados apresentados pelo Turismo de Portugal. Este estima que até 2019 a procura turística britânica em Portugal irá registrar um crescimento médio anual de 3,4%. O Algarve é de longe o principal destino escolhido (67%), seguido da Madeira (20,2%) e Lisboa (8,3%)5.

Robert McNamara, porta-voz de eDreams ODIGEO, assegura que “o Reino Unido é um dos principais destinos turísticos da Europa, também para os turistas portugueses, e torna-se cada vez mais popular de ano para ano.” De facto, em 2016 registou-se um crescimento na ordem do 25,54% de visitas de portugueses ao Reino Unido, chegando quase ao meio milhão4.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply