Bestravel volta a crescer a dois dígitos e mostra-se ambiciosa para 2020

Bestravel volta a crescer a dois dígitos e mostra-se ambiciosa para 2020

0

A Bestravel voltou a ter um “crescimento de dois dígitos”, afirmou Carlos Baptista, administrador da rede de agências de viagens, aos jornalistas à margem da 16.ª convenção do grupo, que se realizou entre 30 de janeiro e 2 de fevereiro, em Marraqueche, sob o mote “Wake Up Call”.
Para o responsável este incremento é “um sinal de vitalidade e crescimento da rede, tanto em faturação como em margem”, embora garanta que, neste momento, estão “a crescer mais em margem do que em faturação”.

Destinos mais vendidos

Quanto aos destinos que mais venderam dentro da rede em 2019, Carlos Baptista adiantou que Portugal surge em primeiro lugar “ultrapassando os 10 milhões de vendas”, seguindo-se Espanha, Cabo Verde – “com uma cada vez maior preponderância da Ilha do Sal em detrimento da Boavista” – República Dominicana, México – “embora com a mesma dinâmica do ano anterior” –, EUA, França, Itália e Brasil.
O gestor destacou ainda o crescimento da Tunísia e das Maldivas, e salientou que a Turquia “volta a aparecer”, assim como o Dubai, a Tanzânia “para os safaris” e o Canadá “devido à grande aposta da Air Canadá”.
Já o top dos fornecedores Bestravel passa pela Soltour, Ávoris (Nortravel), Soltrópico, Solférias, centrais hoteleiras, TUI e MSC Cruzeiros.

Novas lojas

Entre 2018 e 2019 Carlos Baptista avançou que a Bestravel abriu “sete novas agências” – Lousada, Vila Nova de Gaia, Lousada, Santarém, Évora, Boavista e Leiria – e para 2020 tem previsto, para já, a abertura de uma nova, ainda em fevereiro, em Matosinhos.
A Bestravel passa assim a contar com 57 agências na sua rede, embora esteja previsto “fechar o Fundão por reforma do proprietário”, segundo disse o administrador, adiantando que “não há uma ânsia para abrir novas agências, mas sim de que as que estão sejam cada vez melhores”.

NDC

O novo modelo de distribuição aérea foi outro dos assuntos abordados durante a conferência de imprensa e Carlos Baptista afirma que “a implementação do NDC (New Distribution Capability) vai mesmo acontecer” e que até agora o novo modelo de contratação da TAP “não trouxe grandes sofrimentos”, sobretudo porque, enquanto rede, tentaram “ao máximo que a propagação fosse mínima”.
A criação de um produto diferenciado é para o gestor uma forma de contornar a questão. “Estamos a tentar criar dinâmicas novas, dado que o mercado está sempre em constante mudança, mas queremos criar dinâmicas de produto diferenciadas para o tornarmos diferente e para que o cliente nos escolha pela diferenciação e não pelo preço”, afirmou.

Objetivos 2020

Segundo o responsável os objetivos para este ano são “mais macro, com criação de valor para a loja e potenciação de venda para que a loja mantenha sempre uma forte posição”.
Por outro lado, têm como ambição trabalhar cada vez melhor a plataforma do online com o offline. “A boa simbioser entre estes dois produtos é que vai criar uma rede cada vez mais forte”.
Para terminar, garantiu que pretendem “trabalhar e consolidar” todo o processo de formação Bestravel, que em setembro passou a ser certificada.
No que respeita ao CoronaVírus, Carlos Baptista diz que ainda está tudo muito no início e é difícil fazer perspectivas.
A 16.ª convenção Bestravel, a primeira a ter lugar fora de território nacional, contou com a participação de mais de 200 agentes de viagens e decorreu no Be Live Collection Hotel de Marraqueche.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply