Chefs Michelin portugueses partilham a sua cozinha com espanhóis

0
1118
Chef André Silva

Se a procura turística cada vez mais se faz pela gastronomia e pelos vinhos e se Espanha contribui de forma crescente para os números do turismo nacional, estão concertados os argumentos para que a Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) e a Turismo do Centro (TCP) se unam e promovam os seus destinos numa das maiores feiras internacionais de turismo – a FITUR. De 20 a 24 de janeiro, os chefs André Silva, Pedro Lemos e Mário Ramos, vão mostrar, na prática, aos visitantes da Feira Internacional de Madrid, porque é que a gastronomia e os vinhos denominação de origem destes destinos merecem a estrela Michelin.

Um palco comum no qual vão desfilar a gastronomia e os vinhos do Porto e Norte e Centro de Portugal. É este o conceito do stand destes dois destinos turísticos que concentra, em 135 metros quadrados, a vontade de contribuir para aumentar o reconhecimento pelo público da FITUR, nomeadamente o espanhol, das valências da gastronomia e dos vinhos do Norte e do Centro de Portugal como ferramenta de consumo turístico e utilizar estes produtos como âncora e complemento dos outros produtos a promover. Aumentar o interesse dos operadores turísticos e da imprensa espanhola nas regiões Porto e Norte e Centro de Portugal e reforçar a afirmação dos destinos a nível internacional são os dois grandes objetivos nesta feira internacional.

“2015 foi um ano marcante para a promoção do Turismo do Porto e Norte em Espanha e o mercado espanhol tem reagido de forma muito positiva às propostas do nosso destino. A gastronomia e o vinho são o maior potencial turístico do nosso território e são representantes e fatores de atratividade de excelência para promover a região como destino turístico no seu todo, disse Melchior Moreira, Presidente da TPNP, explicando que “é fundamental apostar no reforço da notoriedade da cozinha portuguesa no país vizinho e termos presentes duas estrelas Michelin revela a importância que esta participação representa para nós”.

Já Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal considera que “Portugal é o segundo destino turístico mundial para Espanha, com uma quota de 12% no fluxo total de outbound. Este dado demonstra a importância que o mercado espanhol tem para Portugal. É o primeiro mercado turístico externo para a região Centro. Em 2015 a procura dos turistas espanhóis cresceu cerca de 12% gerando mais de 500 mil dormidas na hotelaria regional. É também um mercado com muitas afinidades culturais e emocionais. A participação na FITUR vem reforçar a nossa presença no mercado espanhol, antecipando a páscoa, época com significativo fluxo de turistas espanhóis”.

O programa de dinamização do stand da TPNP e TCP convida os seus visitantes a envolverem-se numa ação experimental eno-gastronómica proporcionada por diferentes sabores, aromas e sensações. O chef André Silva, da Casa da Calçada com estrela Michelin, e o chef Mário Ramos, do restaurante Helana, apresentam as suas propostas de 20 a 22 de janeiro; o chef Pedro Lemos, do restaurante Pedro Lemos também com estrela Michelin, apresenta de 23 a 24 de janeiro. Os vinhos das duas regiões vão ser apresentados pelo wine communicator, Paulo Russell-Pinto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here