De Maputo ao Kruger Park

Catedral de Maputo

Moçambique representa muito do mais puro que África tem para oferecer. Maputo pode ser ponto de partida e o famoso Kruger Park, já na África do Sul, o destino final.

Crónica de Sílvia Guimarães

Descobrir Maputo pela primeira vez é uma aventura que desperta os sentidos e encanta a alma. Nesta cidade cosmopolita de Moçambique, os sons vibrantes da música africana ecoam pelas ruas, enquanto os aromas tentadores da culinária local convidam a uma experiência gastronómica única.

Percorrer as ruas de Maputo é como mergulhar numa tapeçaria cultural, onde cada esquina revela uma nova história. Desde mercados coloridos, onde os vendedores entoam a suas negociações com entusiasmo, até às praças históricas, onde a arquitetura colonial se mistura harmoniosamente com a modernidade urbana, cada momento é uma descoberta.

Além disso, a hospitalidade calorosa do povo moçambicano é uma das joias mais preciosas desta cidade.

MAPUTO DEVERÁ SER O PONTO DE PARTIDA para visitar outras regiões do país, sobretudo as suas praias ainda quase intocadas ou parques de safari que encantam os visitantes. O ideal será ficar, pelo menos, duas a três noites em Maputo para fazer um city tour pela cidade, que guarda inúmeros segredos deixados pelos portugueses, e uma extensão de um dia às ilhas mais próximas.

Quando o sol se põe, Maputo ganha vida com uma energia contagiosa. Desde bares à beira-mar até clubes de jazz íntimos, há opções para todos os gostos. Experimente a dança tradicional moçambicana na Marrabenta ou desfrute de cocktails exclusivos em elegantes bares de rooftop.

Estação de Comboios

HISTÓRIA E CULTURA DE MÃOS DADAS. Comece a sua visita pela Fortaleza de Maputo, um tesouro que ecoa os tempos de glória e aventura dos portugueses. Erguendo-se majestosamente nas margens do Índico, esta imponente estrutura é um testemunho vivo de séculos de influência e intriga.

Siga para a Estação de Comboios, que sempre foi mais do que apenas um ponto de partida e chegada: é outro testemunho da história ferroviária de Moçambique e um marco emblemático da cidade. Construída no início do século XX, a estação foi concebida como um centro vital de transporte, ligando Maputo ao interior do país e às regiões vizinhas.
Continue para a Catedral da Nossa Senhora da Conceição, uma joia arquitetónica que domina o horizonte da cidade. Construída durante o período colonial português, esta belíssima estrutura revela o legado histórico e cultural que moldou Maputo ao longo das épocas.

Pinturas em cera

EXPERIÊNCIAS ÚNICAS. Perto da Catedral situa-se o Jardim dos Morcegos, notável por abrigar uma população de morcegos frugívoros, que desempenham um papel crucial na polinização e dispersão de sementes na região. Este é um santuário natural onde os visitantes podem aprender sobre a importância desta espécie para o equilíbrio ecológico e para a preservação da biodiversidade.

Se ainda tiver algum tempo livre, não deixe de passar pelo Mercado de Artesanato, onde os visitantes têm a oportunidade de participar numa atividade artística fascinante: a criação de pinturas em cera.

Os artistas locais permitem que os visitantes experimentem a pintura em cera, guiando-os passo a passo através do processo. A magia acontece quando a cera quente entra em contato com o tecido, criando padrões e texturas únicas à medida que se solidifica. No final da experiência, os visitantes têm a satisfação de levar para casa uma lembrança inusitada e significativa de sua visita a Maputo.

PARAÍSOS DE ÁGUAS CRISTALINAS. Deixando Maputo para trás, a pouco mais de uma hora de lancha, existem várias ilhas deslumbrantes que oferecem aos visitantes a oportunidade de desfrutar de praias paradisíacas e águas cristalinas.

Uma visita de um dia às ilhas de Machangulo, Inhaca e Ilha dos Portugueses oferece uma oportunidade emocionante para os turistas explorarem a beleza natural e a rica cultura costeira de Moçambique.

Todas elas com águas cristalinas, recifes de coral e peixes exóticos, convidam a diversas atividades de mar, como snorkeling ou mergulho.

Machangulo e Inhaca são habitadas e um passeio pelas aldeias permite um contacto próximo com as populações locais. Já a Ilha dos Portugueses é desabitada, oferecendo uma proximidade mais pura e relaxante com a Natureza e proporcionando momentos de total introspeção.

PONTA DO OURO. E por onde melhor continuar esta viagem do que pela deslumbrante Ponta do Ouro? Aninhada ao longo da costa, esta joia da natureza é um convite tentador para os amantes da praia e do mar.
Imagine-se caminhando pela areia dourada, com as águas cristalinas do oceano Índico beijando suavemente a costa. À medida que o sol se põe no horizonte, pintando o céu de tons de laranja e rosa, a magia da Ponta do Ouro ganha vida. Aqui, pode-se mergulhar nas águas refrescantes, desfrutar de deliciosos frutos do mar frescos ou, simplesmente, relaxar sob as palmeiras ondulantes.
Mas a Ponta do Ouro é muito mais do que uma paisagem de cartão-postal. É um paraíso para os entusiastas do mergulho e para os amantes do surf.

PARQUE NACIONAL DE MAPUTO. Enquanto absorve a energia revigorante da Ponta do Ouro, não deixe de reservar algum tempo para explorar o magnífico Parque Nacional de Maputo. Este santuário natural combina o melhor de dois mundos: uma exuberante paisagem de savana e um espetacular ecossistema marinho.

Em terra, os visitantes podem testemunhar a majestade dos elefantes, leões, antílopes e uma variedade de aves exóticas em seu habitat natural. Nas águas cristalinas do Índico, a aventura continua, onde é possível avistar tartarugas marinhas, golfinhos e uma miríade de espécies de peixes coloridos.

O INEVITÁVEL KRUGER PARK. A duas horas de carro de Maputo, o Kruger Park, na África do Sul, é igualmente um destino inevitável, pois oferece uma experiência única de vida selvagem para os visitantes, incluindo muito que vêm de Moçambique.

Conhecido por abrigar uma incrível diversidade de vida selvagem, incluindo os famosos “Big Five” (leão, leopardo, elefante, rinoceronte e búfalo), bem como uma grande variedade de aves, répteis e outros animais, os visitantes do Kruger Park podem esperar avistar uma variedade impressionante de espécies, enquanto exploram o parque em safaris guiados, noturnos e diurnos, ou autoguiados diurnos.

Além da vida selvagem, o Kruger Park também é famoso pelas suas paisagens deslumbrantes, que variam de savanas abertas a florestas densas e rios sinuosos. Os visitantes podem desfrutar de vistas panorâmicas espetaculares e capturar imagens memoráveis da paisagem africana.

VARIEDADE DE ALOJAMENTO. Ao redor do Kruger Park existe uma enorme variedade de opções de alojamento, desde acampamentos simples até lodges de luxo. Os visitantes podem escolher entre uma panóplia de opções para atender às suas preferências e orçamentos, garantindo uma estadia confortável e memorável no parque.

Em comparação com outros parques africanos, o Kruger Park destaca-se pela sua vasta extensão e diversidade de vida selvagem, bem como pela infraestrutura turística bem desenvolvida, que oferece aos visitantes uma experiência confortável e segura.

Pestana Kruger Lodge com localização privilegiada

Em grande destaque junto a uma das entradas do parque, encontra-se o Pestana Kruger Lodge. Com uma localização única para o rio dos Crocodilos, onde estes répteis vivem em plena harmonia com hipopótamos e não só, proporciona aos hóspedes acesso rápido e conveniente às maravilhas naturais e vida selvagem do Kruger Park.

O Pestana Kruger Lodge oferece uma variedade de acomodações elegantes e confortáveis, incluindo quartos espaçosos e suítes bem equipadas, todas cuidadosamente decoradas para proporcionar uma estadia relaxante, memorável e enquadrada no local.

Além das acomodações de alta qualidade, esta unidade também oferece uma variedade de comodidades e serviços para garantir o conforto e a satisfação dos hóspedes. Isso pode incluir refeições servidas em restaurantes sofisticados, tratamentos de spa, experiências de safari emocionantes para observar a vida selvagem do Kruger e uma série de atividades recreativas e de lazer para todos os gostos.

Como lá chegar

O operador turístico Solférias está a proporcionar pacotes “low cost”, e não só, para visitas a Moçambique, com possibilidade de várias extensões, inclusive ao Kruger Park, na África do Sul.

A operação é realizada em voos regulares da TAP, com três partidas semanais do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com destino a Maputo.

Maputo: desde 1.107€

Maputo + Inhambane: desde 1.748€

Maputo + Vilanculos: desde 1.856€

Maputo + Safari Kruger: desde 2.236€

Maputo + Parque Nacional de Maputo: desde 2.243€

Maputo + Bazaruto: desde 3.020€

 

 

Veja os vídeos aqui:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui