Europa Park: A diversão garantida no sudoeste da Alemanha!

Europa Park: A diversão garantida no sudoeste da Alemanha!

0

Situado bem no coração da Europa, entre a Floresta Negra e a cadeia montanhosa dos Voges, e mais propriamente na localidade alemã de Rust, o Europa Park é um dos mais bem conseguidos parques temáticos existentes no mundo.
Embora ainda pouco conhecido em Portugal, é o segundo maior parque temático da Europa, logo após a Disneyland Paris e foi construído em 1975 pela família Mack, especialista na construção de montanhas russas. De lá para cá nunca mais parou de crescer, inaugurando a cada ano novas atrações.
Com capacidade para receber 50 mil pessoas num só dia, o Europa Park tem como temática a própria Europa, estando dividido por 13 países do continente e três “reinos encantados” – Alemanha, Áustria, Escandinávia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Inglaterra, Irlanda (mundo infantil), Islândia, Itália, Portugal, Rússia, Suíça, Adventureland, Reino dos Minimoys e Floresta Encantada dos Grimm’s – deixando a sensação de que se está realmente a ter contato com os costumes e tradições de cada um dos países representados.
O Europa Park tenta transmitir assim aos seus visitantes que “se não tiver tempo para fazer uma grande viagem pela Europa, venha até cá, pois temos um pouco de cada lugar para lhe oferecer”.

Atração de “Portugal” é a mais famosa

Na zona de Portugal não deixe de participar da Atlantica SuperSplash, uma das atrações mais visitadas de todo o parque, que não é mais do que uma montanha russa dentro de água, em que na queda final o banho é garantido e muito divertido!
As diversões são mais que muitas e dirigidas a todas as faixas etárias mas, já sabe, se estiver com crianças pequenas o mais difícil será mesmo optar entre divertir-se ou dar a oportunidade de as crianças se divertirem. Um dia é pouco para tudo, sendo é impossível conseguir desfrutar de todas as atrações num tão curto espaço de tempo. O ideal será permanecer três dias e ver também os muitos espetáculos, de alta qualidade, que lhe estão reservados.
Se quiser optar por desfrutar de tudo um pouco, o melhor será apanhar o Europa Park Express, um pequeno comboio que atravessa todo o parque, e dirigir-se à extremidade oposta à entrada principal, para começar a visita por “Espanha”. Desta forma, ficará desde logo com uma ideia geral do parque e das diversões, podendo assinalar no mapa do parque (que lhe darão à entrada) aquelas que não quererá perder.
E como apreciadores das tradições e costumes de nuestros hermanos, iniciar o périplo do Europa Park por Espanha será uma excelente ideia. Assim que se pisa em “solo espanhol” fica-se logo com a sensação de ter chegado a uma pitoresca vila daquele país, com fachadas típicas, música adequada, shows de flamenco e um espetáculo épico que demonstra como os cavaleiros eram destemidos na arena, empunhando armas e deixando-se levar pelas conquistas e batalhas de outros tempo.
As diversões são mais que muitas, mas é pelas montanhas russas que este parque é mais famoso. Para além do Atlantica SuperSplash existem muitas mais, abertas, fechas, com ou sem loopings, com ou sem água, a subirem prédios ou elevadas encostas artificiais. A garantia é de muita adrenalina com enorme descidas em queda livre. A não perder!

Leia o artigo completo na edição de setembro (nº 353) da VIAJAR – Disponível online (aqui)

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply