Grupo Avis passa a fazer parte do consórcio que está a trabalhar...

Grupo Avis passa a fazer parte do consórcio que está a trabalhar a Internet of Things

0

O Grupo Avis Budget acaba de anunciar a sua integração no consórcio criado para trabalhar a Internet of Things (IoT). A entrada neste consórcio está relacionada com a crescente importância que as tecnologias IoT estão a desempenhar na estratégia do Grupo Avis Budget de forma a tornar a mobilidade mais omnipresente, personalizada e conveniente.

“A indústria da Internet of Things deu origem à atual indústria da Internet dos Transportes, que oferece benefícios significativos para os consumidores, cidades e empresas de mobilidade como o Grupo Avis Budget,” afirmou Arthur Orduña, chefe de inovação do Grupo Avis Budget. “Desde operações simplificadas, até melhores experiências para os clientes e dados aprimorados, a IoT está a possibilitar uma revolução na mobilidade urbana e o nosso Grupo encontra-se no centro desta revolução.”

Desde a aquisição da Zipcar em 2013, até ao investimento líder na indústria em carros conectados, passando pela rápida adoção da app móvel e o pioneiro Mobility Lab em Kansas City, o Grupo Avis Budget tem aproveitado a tecnologia IoT com o intuito de oferecer aos seus clientes as opções de mobilidade mais procuradas, flexíveis e convenientes. Quer seja o aluguer de uma viatura ao minuto, hora, dia, semana ou ano; ou quer esteja a conduzir sozinho ou com alguém e seja um carro desportivo ou um veículo desportivo utiliário, o Grupo Avis Budget torna a mobilidade disponível ao alcance de um toque numa aplicação.

“O Grupo Avis Budget lidera o caminho na conexão entre os carros e os clientes com a sua plataforma de mobilidade, demonstrando assim um outro benefício da indústria das IoT,” afirmou Greg Kahn, Presidente e CEO do IoTC. “A empresa é uma grande adição à nossa rede e aguardamos com entusiasmo o seu papel líder no Grupo Operativo das Cidades Inteligentes.”

“É apenas o início daquilo que é possível fazer, enquanto a aproveitar as tecnologias IoT com a nossa plataforma, a nossa aplicação móvel e a nossa frota”, continua Orduña. “À medida que os carros conectados de hoje dão lugar aos carros autónomos de amanhã, o potencial para aumentar a experiência do cliente é ainda mais alargada, mas isso irá exigir uma coordenação profunda entre os setores público e privado, e é por isso que temos o prazer de nos juntar à IoTC e co-liderar este grupo focado nas Cidades Inteligentes.”

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply