Grupo Vila Galé abre três unidades no ano em que comemora 30.º...

Grupo Vila Galé abre três unidades no ano em que comemora 30.º aniversário

0

Vila Galé Sintra, Vila Galé Collection Braga e Vila Galé Touros (Brasil) são as três unidades que o grupo Vila Galé abrirá em 2018, um ano que Gonçalo Rebelo de Almeida, administrador do grupo hoteleiro português acredita “será positivo, mas admitimos crescimentos na ordem dos 5% em termos de receitas”. Um valor mais baixo que o registado em 2017 e que segundo o mesmo foi de 13%.

O administrador, que falava esta segunda-feira, 15 de janeiro, aos jornalistas, sublinhou que 2017 “correu bem, mas sem grandes euforias”, acrescentando que “os 21 hotéis da rede em Portugal geraram vendas de 106 milhões de euros, mais 13% do que em 2016. E contabilizaram-se cerca de 965 mil quartos ocupados, traduzindo um aumento de 2,4% face ao exercício anterior”.

Em termos de mercados, Gonçalo Rebelo de Almeida fez saber que “40% do público dos Vila Galé são portugueses, seguindo-se depois o alemão, britânico e espanhol”, destacando ainda “o forte crescimento da procura por parte de norte-americanos e brasileiros, ambos acima dos 50%. Em 2017 recebemos nas unidades em Portugal 33 mil espanhóis e 28 mil brasileiros”.

Já no que diz respeito às sete unidades Vila Galé no Brasil, as receitas somaram 265 milhões de reais em 2017, evidenciando uma subida de 2%. A uma taxa de câmbio de 1€ = 3,9R$, a operação neste país representa cerca de 40% do volume de negócios global do grupo. Os quatro resorts e os três hotéis de cidade tiveram 494 mil quartos ocupados, o que representa uma variação de -2,8% face a 2016. Aqui, 90% do mercado é interno.

30 anos em 2018

Para 2018, ano em que o grupo comemora 30 anos, estão previstas as aberturas de três novas unidades hoteleiras, com a primeira a surgir a 25 de abril, o Vila Galé Sintra, num investimento de 25 milhões de euros. Diferenciando-se pelo seu conceito inovador na área da saúde e bem-estar, pensado para famílias, o Vila Galé Sintra engloba um hotel apartamento de quatro estrelas e 10 blocos de apartamentos turísticos. Terá 77 quartos duplos, 44 T0, 15 T1, 36 T2 e 12 T3, um revival spa com várias valências médicas, opções de alimentação gourmet light e programas antienvelhecimento, para deixar de fumar ou antistress, área de convenções, clube de crianças, piscina exterior de adultos e de crianças e dois campos de ténis.

A 27 de maio será inaugurado o Vila Galé Collection Braga, com um investimento de 6 milhões de euros, e classificação de quatro estrelas. Um projeto que surge da reabilitação do complexo do antigo hospital de São Marcos e contará com 127 quartos, salão de convenções para mais de 300 pessoas, quatro salas de reuniões, dois restaurantes, bar, adega, biblioteca, piscinas exteriores para adultos e crianças, spa com piscina interior, ginásio e salas de massagens, jardim interior e estacionamento.

Em setembro “ou ainda antes” como revelou Gonçalo Rebelo de Almeida será a vez da abertura do Vila Galé Touros: em plena praia de Touros, no estado brasileiro do Rio Grande do Norte. O quinto resort da Vila Galé no Brasil, com 514 quartos e um investimento de 150 milhões de reais, terá ainda cinco restaurantes, spa Satsanga, clube Nep para as crianças, centro de convenções com 1.750 m2, centro náutico, campos desportivos e três piscinas exteriores, uma das quais com escorregas para crianças.

Nos planos do grupo estão ainda duas unidades em Portugal, com abertura prevista para 2019: o Vila Galé Elvas e o Vila Galé Serra da Estrela, em Manteigas.

O primeiro resultará da reabilitação do antigo Convento de São Paulo, num investimento de cinco milhões de euros e o segundo aguarda um último parecer da Direção Geral de Energia e Geologia.

A Vila Galé vai ainda aplicar cinco milhões de euros em renovações nas suas unidades em Portugal. Entre as novidades, é de referir a expansão das pizzarias artesanais Massa Fina. Depois da estreia, em 2017, no Estoril e na Praia da Galé (Albufeira), o conceito chega este ano aos hotéis Vila Galé Lagos e Vila Galé Ampalius (Vilamoura). Neste hotel, a maioria dos quartos vai ser renovada, passará a existir uma esplanada e serão reformuladas as piscinas exteriores de adultos e de crianças. Já no Vila Galé Cascais vai surgir uma piscina infantil.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply