Investimento nos Caminhos de Santiago leva mais 23% de Peregrinos em 2017

Investimento nos Caminhos de Santiago leva mais 23% de Peregrinos em 2017

0

Valença vai superar os 42 mil peregrinos, até ao final do ano, marcando um incremento de 23% face a 2016. A aposta na dinamização e promoção do Caminho Português para Santiago, interior e da costa, estão a dar os seus frutos.

Os últimos dados, fornecidos pela Oficina do Peregrino da Xunta de Galicia, apontam para que até ao final do ano se supere os 42 mil peregrinos em Valença, entre os que passam e começam aqui. Em 2016 foram 33.380 a percorrer os troços do caminho em Valença.

Estes valores são o reflexo, também, dos investimentos promocionais realizados em Portugal e no estrangeiro pela Câmara de Valença em parceria com Tui e a sociedade Xacobeo.

Qualificação do Caminho da Costa e Interior

Nos dois traçados que atravessam o concelho, a Câmara Municipal e as juntas de freguesia, tem investido na melhoria dos traçados, sinalização e criação de espaços de descanso e apoio aos peregrinos. Investimentos complemntados com mais informação que pode ser consultada nos sites www.visitvalenca.com ou www.caminhoportuguesdacosta.com/pt/o-caminho/municipio/valenca

Mais Albergues em Valença

O primeiro albergue oficial a surgir em Portugal foi o de São Teotónio. Hoje, esta estrutura, gerida pela Câmara Municipal, complementa-se com a oferta de três albergues privados em Cerdal e Fontoura e pelas demais 33 unidades hoteleiras do concelho. A oferta crescerá, em breve, com novas unidades, em fase de obra / licenciamento, em implantação ao longo do caminho da costa e interior.

Mais Oferta de Restauração

O Menu do Peregrino, conquista os peregrinos com pratos especiais a preços mais económicos. Das 83 unidades de restauração do concelho são cada vez mais as aderentes a este menu, sobretudo as que ficam na confluência destes percursos.

Valença Marca os Peregrinos

Valença proporciona uma experiência única aos peregrinos: a meio da ponte internacional, em pleno Caminho, é possível estar com um pé em Portugal e outro em Espanha, sobre o rio Minho, com a Catedral de Tui em frente a a Fortaleza de Valença atrás.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply