LATAM com mudanças na classe económica e elimina 75% dos plásticos de utilização única a bordo

A LATAM anunciou alterações na sua operação na classe Económica que lhe permitem eliminar mais de 1.200 toneladas de plástico de utilização única, o equivalente a eliminar 36.000 garrafas de plástico de 500ml. O novo serviço visa implementar uma classe mais sustentável e considera importantes mudanças na matéria de todos os artigos a bordo (copos, talheres, bandejas), substituindo-os por materiais mais sustentáveis tais como talheres de bambu, bandejas reutilizáveis, embalagens de papel kraft para talheres e copos de papel certificados sustentáveis.

A iniciativa já está implementada em todas as rotas regionais e de longo curso do grupo LATAM e faz parte da sua estratégia de sustentabilidade, que visa eliminar 100% dos plásticos de utilização única nas suas operações a 2023.

“Cuidar do planeta é um desafio para todos e um objetivo necessário para a LATAM, razão pela qual revimos os nossos serviços e identificámos quase 1800 toneladas de plástico de utilização única a bordo dos nossos voos internacionais. Desta forma, as nossas equipas envolveram-se para redefinir todos os detalhes do serviço, fazendo uma mudança positiva para os nossos clientes e também para o nosso planeta”, diz Paulo Miranda, Vice-Presidente de Clientes do Grupo LATAM Airlines.

A proposta vem juntar-se às alterações realizadas na classe Premium Business, que incluem a incorporação de sacos reutilizáveis para cobrir itens de descanso, bem como novos kits de viagem ecológicos para os passageiros. Entre as novidades dos novos kits estão uma escova de dentes de bambu com tampa de cana de açúcar, tampões para os ouvidos feitos de papel kraft e meias e máscaras para os olhos feitas de plástico reciclado.

Mais Economia Circular na LATAM

O grupo também acrescentou ações de reciclagem e reutilização.  Em voos domésticos no Chile, Peru, Colômbia e Equador, a LATAM tem um programa chamado “Recicla Tu Viaje” (Recicle a sua Viagem), através do qual os tripulantes de cabine separam o plástico e as latas a bordo. No caso da Colômbia, esta separação tem lugar no terreno. Além disso, em conjunto com mulheres empresárias e organizações parceiras, o grupo continua o seu programa de reutilização de uniformes no Peru, Chile, Colômbia, Equador e Brasil, dando uma segunda vida aos uniformes dos funcionários que não estão a ser utilizados.

Estas iniciativas fazem parte da estratégia de sustentabilidade da LATAM, cujos objetivos incluem zero resíduos para aterro até 2027, reduzir e compensar 50% das emissões domésticas até 2030 e alcançar a neutralidade de carbono até 2050.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here