MSC Cruzeiros vacina toda a tripulação dos seus navios conta a COVID-19

0
63
MSC Grandiosa

A MSC Cruzeiros anunciou hoje o início de um programa de vacinação contra a COVID-19 em toda a frota para todos os membros da tripulação. Isto torna-se numa componente adicional e fundamental do protocolo de Saúde e Segurança líder na indústria da companhia, que tem estado na base das operações da MSC Cruzeiros desde que o seu primeiro navio voltou a navegar, em agosto do ano passado.

A implementação teve como primeiro passo o comandante do MSC Bellissima, comandante Giuseppe Maresca, bem como toda a sua tripulação, que terminaram as suas vacinas ontem.

Nesta fase inicial, a MSC Cruzeiros vai priorizar os membros da tripulação a bordo dos seus 10 navios previstos para os cruzeiros de férias de Verão 2021, a navegar no Mediterrâneo e no Norte da Europa, os que estão programados para recomeçar nas Caraíbas a partir de portos dos EUA, bem como outros navios que se estão a preparar para o recomeço. A tripulação do navio emblemático MSC Virtuosa será vacinada antes da viagem inaugural do navio pelo Reino Unido, no dia 20 de Maio, com partida do porto de Southampton.

O plano é que toda a tripulação da MSC Cruzeiros a bordo de navios a operar, bem como navios que se preparam para reiniciar em locais do mundo onde a companhia navega tradicionalmente, sejam vacinados contra a COVID-19. Foi desenvolvido e será implementado com o apoio de várias autoridades governamentais nacionais, destinos e entidades do sector privado.

A MSC Cruzeiros tornou-se na primeira companhia da indústria a recomeçar as viagens internacionais em Agosto de 2020, quando o navio emblemático da companhia, o MSC Grandiosa, partiu de Génova para um cruzeiro de 7 noites no Mediterrâneo. Desde então, a companhia recebeu a bordo cerca de 65.000 passageiros para cruzeiros de férias seguros e descontraídos no mar.

Os 10 navios da companhia previstos para navegar no Mediterrâneo e no Norte da Europa neste Verão têm itinerários e portos de escala confirmados em Itália, Malta, Grécia, Croácia, Montenegro, Alemanha e Reino Unido, com planos de adicionar França, Espanha e mais, à medida que mais países forem abrindo as suas fronteiras e diminuindo as suas restrições internacionais e de viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here