Portway assistiu voos na Madeira de forma 100% sustentável

Pela primeira vez realizaram-se em Portugal operações de assistência aeronáutica 100% sustentáveis. Aconteceu no Aeroporto Internacional da Madeira, onde a Portway levou a cabo a iniciativa Green Days, nos dias 30 e 31 de maio. Várias das operações levadas a cabo pela empresa de handling nestes dias foram feitas com 0% de emissões de CO2. Este foi mais um passo da Portway a caminho dos objetivos de reduzir 50% das emissões de CO2 até 2030 e de atingir a neutralidade carbónica em 2050.

Nestes 2 dias, foram 7 as companhias aéreas que a Portway assistiu com operações totalmente ecológicas, nomeadamente Easyjet; Edelweiss; Finnair; Jet2.com; Luxair; Transavia e Wizzair.

A novidade ocorreu no âmbito de uma iniciativa a que a companhia de handling deu o nome de Green Days, uma forma de assinalar que a descarbonização é uma prioridade estratégica da Portway. Nesse sentido, a empresa tem concentrado a quase totalidade dos seus investimentos nos aeroportos portugueses, na renovação da frota com equipamentos ecológicos com 0% de emissões de CO2.

Tendo em conta as características do Aeroporto Internacional da Madeira, cujas curtas distâncias percorridas permitem a utilização de equipamentos elétricos e manuais com ganhos de eficiência, minimizando o impacto ambiental, a Portway decidiu acelerar os investimentos na região, tendo recentemente adquirido um “Ground Power Unit (GPU)” elétrico, que permite fornecer energia aos aviões quando estacionados, sem recurso a combustíveis fósseis. Com este investimento importante, passou a ser possível garantir operações 100% sustentáveis.

Alinhada com as políticas do Grupo Vinci, a Portway aposta decisivamente na descarbonização e dá um contributo importante para a sustentabilidade do Aeroporto e para a ilha da Madeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here