Sindicado Vereinigung Cockpit anuncia nova greve e prejudica Lufthansa

Sindicado Vereinigung Cockpit anuncia nova greve e prejudica Lufthansa

0

O sindicato alemão dos pilotos Vereinigung Cockpit (VC) anunciou, esta terça-feira, uma nova greve para amanhã, das 00h01 às 23h59, mesmo antes do início da greve de hoje.

A Lufthansa já reagiu em comunicado e afirma que com esta ação o VC está “a prejudicar a empresa e especialmente os clientes”, relembrando que “todos os voos de pequeno e longo curso a partir da Alemanha serão afetados” e “lamenta e pede desculpa por todos os incómodos causados aos seus passageiros”.

A Lufthansa já está a fazer todas as diligências para diminuir os incómodos aos seus passageiros. O horário alternativo para amanhã ainda está a ser programado. Ainda não se sabe quais dos 10 voos programados do Grupo Lufthansa a partir de Portugal irão ser afetados.

A extensão da greve é uma escalação adicional por parte do VC, que irá ainda causar mais incerteza aos passageiros. “Esta disputa laboral só pode ser resolvida se for encontrado um compromisso em conjunto. Se o sindicato fecha as portas quando se procura uma solução, irá causar danos que irão afetar todos os passageiros e os aproximadamente 115 000 colegas do Grupo Lufthansa”, pode ler-se no comunicado.

As outras companhia aéreas do grupo – Eurowings, Germanwings, SWISS, Austrian Airlines, Air Dolomiti e Brussels Airlines – não são afetadas pela greve. Os voos para e da Alemanha que são operados por essas companhias aéreas do grupo também não são afetados pelo anúncio da greve. As operações de voo em Zurique, Viena e Bruxelas continuarão como habitualmente.

A Lufthansa pede a todos os seus clientes que verifiquem o estado dos seus voos no portal LH.com antes de irem para o aeroporto. A Lufthansa irá também notificar todos os passageiros que têm os contatos disponíveis no seu perfil, sobre todos os cancelamentos de voos por email ou SMS.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply