TAP quer comprar 2,5 milhões de garrafas de vinho português

TAP quer comprar 2,5 milhões de garrafas de vinho português

0

A TAP quer comprar 2,5 milhões de garrafas de vinho português e tem um concurso a decorrer até ao próximo dia 11 de agosto. O nome da iniciativa chama-se “TAP Wine Experience” e pretende transformar a companhia nacional, no maior canal de comunicação e experimentação do vinho português em todo o mundo.

Maior qualidade e variedade. Estes são os pontos-chave da nova carta de vinhos da TAP, que passará a oferecer tintos, brancos, rosés, moscatéis, portos e espumantes aos seus clientes e, desta forma, criar a bordo uma verdadeira “Wine Experience”. Para enaltecer a experiência, a tripulação receberá formação que lhe permitirá conhecer a fundo e melhor servir os vinhos da nova carta.

Paralelamente, a companhia avança ainda com novas formas de comunicação para que os produtores possam criar momentos de degustação e divulgação junto dos passageiros da TAP, nos 85 destinos para os quais a companhia irá operar até ao final do ano. O objetivo será que pequenos, médios e grandes produtores possam vir a fornecer a TAP, podendo escolher os períodos e as rotas que considerem mais importantes para as respetivas estratégias de internacionalização. O concurso em questão foi divulgado através da associação ViniPortugal e das diversas Comissões Vitivinícolas Regionais.

Para além do serviço a bordo, a “TAP Wine Experience” pretende criar canais de comunicação mais abrangentes para a divulgação dos vinhos nacionais, estando prevista uma Wine Tour inédita. A TAP convidará opinion makers, especialistas na área e jornalistas, oriundos de vários países, a conhecer as nossas regiões e os nossos produtores, no que será uma experiência enófila única. Os participantes irão voar para cada região vinícola e experimentar localmente o que cada uma tem de melhor. A companhia será, ainda, responsável pela organização de eventos internacionais de captação de novos públicos, com enfoque nos mercados brasileiro e norte-americano.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply