Técnicos de manutenção concentram-se junto à TAP solidários com colegas despedidos

Mais de 300 técnicos de manutenção concentraram-se, esta terça-feira, 24 de maio, junto à TAP, para celebrar o dia mundial dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves (TMA) e numa homenagem aos técnicos que se encontram em processo de despedimento na companhia aérea portuguesa.

A concentração foi organizada pelo SITEMA – Sindicato dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves e juntou centenas de associados, primeiro junto a um dos hangares da TAP, prosseguindo em marcha até à portaria principal da companhia aérea portuguesa, onde decorreu um plenário comemorativo do dia do TMA.

“Hoje, relembramos a importância dos TMA para a segurança da aviação. Estes técnicos estão sujeitos a anos de formação e é-lhes constantemente exigido terem um raciocínio e discernimento que, perante uma anomalia num avião, consiga tomar as melhores decisões, quer do ponto de vista económico, quer do ponto de vista da segurança”, começou por dizer Paulo Manso, presidente da direção do SITEMA.

O responsável relembrou, ainda, o processo de despedimento em curso na TAP, que neste momento envolve seis TMA.

“Estamos solidários com os nossos colegas em processo de despedimento na TAP. Infelizmente cada vez há menos técnicos disponíveis e, apesar dos cortes a que fomos submetidos durante a pandemia, o trabalho mantém-se igual. É, por isso, incompreensível que estejam a dispensar técnicos qualificados”, acrescentou.

Em Portugal, existem, atualmente, mais de 1200 técnicos de manutenção de aeronaves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here