AHP assina protocolo com Endesa

AHP assina protocolo com Endesa

0

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal e a ENDESA assinaram esta quinta-feira, 4 de julho, um protocolo de cooperação que visa trazer para a hotelaria um maior conhecimento das soluções energéticas disponíveis para o setor e a proporcionar melhores condições comerciais aos associados da AHP.

O protocolo foi assinado pelo Presidente da AHP, Raul Martins, e pelo General Manager – B2B Portugal da ENDESA, Miguel Mendes, num momento que antecedeu o almoço mensal de associados da AHP, que se realizou no The Vintage Hotel & SPA.

Esta parceria entre a AHP e a ENDESA, para além de dar condições comerciais mais competitivas para a hotelaria, irá permitir ter um melhor conhecimento do mercado através de um conjunto de ferramentas para otimizar os hotéis na vertente energética, incluindo técnicas avançadas de compra de energia, saber qual a melhor altura para o fazer, estar a par das mais recentes soluções de eficiência energética e ainda ter o apoio de um gestor 100% dedicado, entre outras.

O Presidente da AHP, Raul Martins, destacou que “os custos com as utilities são um dos principais desafios à operação hoteleira no nosso país, pelo que este protocolo vem ao encontro de uma questão real na área da energia.” E  acrescentou: “através deste  protocolo a AHP possibilita  a todos os seus associados melhores condições comerciais, o que é sobretudo fundamental para as unidades independentes, que de outra forma não teriam acesso a essas a tais condições, em razão da sua escala e dimensão”.

Segundo Miguel Mendes, general manager – B2B da Endesa, “será possível com este protocolo otimizar os hotéis na vertente energética, utilizando um conjunto de ferramentas e técnicas avançadas de compra de energia, saber qual a melhor altura para o fazer, estar a par das mais recentes soluções de eficiência energética e ainda ter o apoio de um gestor 100% dedicado, entre outras vantagens”.

No almoço, o convidado da AHP, Nuno Ribeiro da Silva, presidente da ENDESA PORTUGAL, na sua intervenção sobre o tema “Muda a Energia, mudar Comportamentos”, sublinhou que existe um novo paradigma na energia que convida, e também obriga, o cliente enquanto consumidor a ser muito mais proativo nas suas opções. Por isso, reconhece o presidente da Endesa, “mesmo num mercado aparentemente estandardizado, não há soluções iguais para todos: os fornecedores têm também de se ir adaptando a uma maior volatilidade de comportamentos, à não fidelização, a uma maior informação dos consumidores o que obriga o setor da Energia a customizar serviços e produtos”.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply