AHRESP defende Linha de crédito para enfrentar aumentos de preços da energia deve chegar também ao Turismo

Para enfrentar as subidas de preços da energia, o ministro da Economia anunciou uma linha de crédito de 400 milhões de euros dirigida a empresas com peso significativo nos fatores de produção ou com necessidades de tesouraria acrescidas.

A AHRESP salienta que também os setores da restauração, similares e do alojamento turístico estão a sofrer significativamente com o aumento de custos e, por essa razão, estes setores devem também ser abrangidos.

O Barómetro AHRESP realizado em janeiro junto dos nossos órgãos sociais já revelava uma enorme preocupação sobre este tema: para 88% dos inquiridos, na sua grande maioria micro e pequenas empresas, o impacto da subida dos custos de energia e de matérias-primas na sua atividade económica já estava a ser sentido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here