Aigle Azur inaugura Lyon-Porto e já pensa em Lyon-Lisboa para o próximo inverno

0
621

A transportadora aérea francesa Aigle Azur continua a apostar fortemente no mercado português. Esta quinta-feira inaugurou a rota Lyon-Porto (apesar de na realidade esta ter iniciado quatro dias antes, no domingo de Páscoa), com cerimónia de boas-vindas ao avião assim que este aterrou no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, por volta das 14h10. No entanto, Tiago Martins, delegado da companhia aérea para Portugal, afirmou, durante a ocasião, que “no próximo ano certamente concretizaremos esta rota à partida de Lisboa”.

Segundo o responsável, a rota agora inaugurada já estava pensada há mais de um ano e meio e surge no seguimento do “mercado português [onde já está presente há cerca de uma década] ser o segundo mais importante para a Aigle Azur”, tendo à sua frente apenas o argelino, que é responsável por 80% da faturação da transportadora.

O valor da viagem por percurso está disponível a partir de 49€, com taxas incluídas, mas sem bagagens. Já para ida e volta os preços surgem desde os 95€, também com taxas incluídas. O valor de cada mala de porão é de 16€.

IMG_8745Com o objetivo de ocupar os voos em 70% com a vinda de franceses para o Porto para a realização de city breaks e os restante 30% com a deslocação até Lyon de mercados étnicos, homens de negócios e clientes que se deslocam aos Alpes para a prática dos desportos de inverno, a rota Lyon-Porto será operada aos domingos, quintas-feiras e sextas-feiras. Contudo, para responder às exigências do mercado e devido à grande procura durante os meses mais quentes, sobretudo pelo grande afluxo de emigrantes de França para Portugal, Tiago Martins anunciou que será colocado um voo extra, em julho e agosto, às segundas-feiras. Se tudo correr bem e corresponder às expetativas “este voo até poderá manter-se além destes meses”, revelou.

Com um objetivo inicial de 75% de ocupação para o primeiro ano de operação, Tiago Martins disse que poderão facilmente atingir os 80% tendo em conta a grande procura registada no domingo de Páscoa.

IMG_8728Em decurso está já uma campanha de marketing em França no valor de 200 mil euros, que estão a ser investidos em feiras da especialidade e outras ações que não incluem diretamente o cliente final. No sentido contrário, em Portugal estão igualmente a investir cerca de 50 mil euros em campanhas de rádio e ainda junto da comunidade francesa que vive na região do Grande Porto.

Embora o resultado da companhia aérea em 2015 tenha sido negativo, o responsável pelo mercado português frisou que as rotas de Portugal conseguiram atingir “resultados muito positivos”. A provar este facto, Tiago Martins deu como exemplo terem passado a ter, em 2015, duas rotas para o Porto e três para Lisboa, sendo que até essa data apenas tinham um voo diário para ambos os destinos à partida de Paris, além da recentemente lançada entre Paris e Faro.

A Aigle Azur festeja este ano 70 anos desde a sua fundação e “está a preparar-se para o longo curso desde França”. A primeira rota Tiago Martins disse que irá ser a China, dado que a Aigle Azur tem 48% de capital chinês, seguindo-se destinos da África francesa e lusófona. Na passada terça-feira a empresa inaugurou a rota Lyon-Dakar, no Senegal, provando a forte aposta à partida desta cidade francesa. “O objetivo passa pela diversificação de mercados e Portugal faz parte dessa estratégia”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here