APAVT defende que esta é a altura certa para Governo apresentar apoios até ao final do ano

Com o Dia Mundial do Turismo a chegar, a 27 de setembro, a APAVT – Associação Portuguesa dos Agentes de Viagens e Turismo defende que “é a altura certa para o Governo apresentar os apoios necessários até final do ano”.

De acordo com o que tinha previsto e alertado, a APAVT considera que “as necessidades de tesouraria continuam a agravar-se nas empresas. O regresso aos negócios faz-se com receitas a crescer lentamente e os custos a regressar a 100%, desequilibrando ainda mais as tesourarias das empresas, colocando trabalhadores em risco de desemprego e a oferta turística  nacional em risco de desagregação”.

Assim, defende ser imperioso que o Governo “confirme a manutenção da possibilidade de layoff até ao final do ano, de acordo com os diferentes níveis de regresso à atividade, por parte das empresas; pague a tranche do Apoiar.rendas , 1º semestre, que se mantém em dívida; alargue o apoio do Apoiar.rendas ao segundo semestre de 2021; defina uma nova tranche no programa APOIAR, de acordo com o óbvio prolongamento da crise e o adensar dos problemas de tesouraria das empresas; resolva o problema das moratórias, tantas vezes anunciado, e nunca efetivado; e clarifique os processos de apoio à recapitalização e a capacidade das micro e pequenas empresas de acederem aos mesmos”.

Segundo o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, com a chegada de mais um Dia Mundial do Turismo, o Governo deverá “colocar no mercado os apoios necessários, alguns deles tantas vezes anunciados. Não vejo outra razão para festejar, e não há mais nada para comentar. É altura de passar à ação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here