Associação Portuguesa do Turismo Residencial e Resorts promove resorts portugueses na Bélgica

A Associação Portuguesa do Turismo Residencial e Resorts, em parceria com a Câmara de Comércio Belgo-Portuguesa realizou, nos dias 29 e 30 de maio, dois eventos de promoção dos resorts portugueses na Bélgica.

 No dia 29 de maio, a Quinta do Lago Resort e o Royal Óbidos SPA & Golf Resort, ambos associados da APR, tiveram oportunidade de mostrar a sua oferta no Portugal Cup, um torneio de golfe que decorreu no The National Golf Club em Zaventem. O torneio culminou com 17 prémios de golfe e um sorteio com duas estadas nos resorts.

No dia seguinte teve lugar o Portugal Live It!, um evento que decorreu no Press Club em Bruxelas, onde os resorts apresentaram a sua oferta a um público diferente e onde foi também realizado um sorteio de duas estadas nos resorts portugueses.

A APR apresentou Portugal como um destino de excelência para segunda habitação, investimento ou mesmo habitação permanente. Nos eventos esteve também presente a CGD – Caixa Geral de Depósitos, o único banco português com escritório na Bélgica.

Segundo Pedro Fontainhas, diretor executivo da Associação Portuguesa do Turismo Residencial e Resorts, “o público presente nestes dois eventos revelou grande interesse nos resorts portugueses. A procura por habitações nos resorts portugueses tem sido crescente não só no mercado belga, mas também em muitos outros mercados internacionais junto de estrangeiros e portugueses aí residentes. A excelência dos resorts portugueses é já reconhecida em todo o mundo. Estes empreendimentos afirmam-se cada vez mais como locais de eleição para adquirir um imóvel, seja para investir, seja para viver de forma permanente. De referir que esta procura está a ser correspondida por uma oferta crescente resultante de diversos investimentos em projetos turísticos residenciais em Portugal”.

A importância do Turismo Residencial para a economia está refletida na “Estratégia Turismo 2027”, aprovada pelo Conselho de Ministros, que define a estratégia para o Turismo em Portugal na próxima década. Esta estratégia define 10 Ativos Estratégicos sendo um deles o Ativo Emergente “Living- Viver em Portugal”.

A Associação Portuguesa do Turismo Residencial e Resorts estima que o impacto económico de cada novo residente em Portugal, em cinco anos, é superior a seis vezes o investimento inicial. Em 2019 foram adquiridos 19.520 imóveis por não-residentes no valor de 3.344 milhões de euros que produzirão, até 2024, perto de 20 mil milhões de euros de investimento direto, consumo e impostos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here