Atividade turística “soma e segue” mesmo na época baixa

Atividade turística “soma e segue” mesmo na época baixa

0

Em fevereiro, segundo dados revelados, esta sexta-feira, pelo INE, os proveitos continuam a crescer a um ritmo que praticamente duplica o do crescimento de visitantes. Em fevereiro, os proveitos cresceram 11,6% – em termos acumulados, o crescimento em 2018 é de 11,8%.

O número de hóspedes cresceu 6,5% e o de dormidas 6,2% face ao mesmo período do ano passado.

Face ao mesmo mês de 2015, regista-se um aumento de 33% no número de hóspedes e de 55% nos proveitos.

O Alentejo foi a região que mais cresceu, quer em hóspedes quer em dormidas (+10,6% em ambos os indicadores). Os Açores (+9,9%) e o Norte (+9,7%) também registaram uma evolução significativa nas dormidas no mês de fevereiro.

A região Centro é a que mais se destaca em termos de proveitos, tendo registado uma subida de 18,3% nos proveitos hoteleiros, seguida da Área Metropolitana de Lisboa e da Madeira.

O turismo continua a diversificar os seus mercados, tendo-se registado novamente uma subida acentuada das dormidas de cidadãos da Suécia (+30,4%), tal como já tinha ocorrido em janeiro. EUA (+30,4%) e Brasil (+28,6%) também continuam a crescer de forma assinalável.

A taxa de ocupação também subiu, assim como o RevPar, com um crescimento de 9,3%.

Para a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “estes números demonstram que o trabalho articulado entre todos tem permitido aumentar a atratividade e visibilidade da oferta turística portuguesa ao longo de todo o ano, e não só na tradicional época alta, e tem contribuído para a dinamização do turismo nas várias regiões do país. Estamos também a conseguir atingir os mercados que deixam mais valor no território”.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply