Emirates com mais quatro voos para o Cairo a partir de outubro

Emirates com mais quatro voos para o Cairo a partir de outubro

0

A companhia aérea Emirates vai aumentar a capacidade dos seus serviços para o Egito, a partir de 29 de outubro deste ano, com o lançamento de quatro voos adicionais a cada semana para o Cairo. Os quatro voos aumentarão o número de frequências, entre as duas cidades, para três por dia, o que totalizará 21 voos semanais que a Emirates irá operar para o Cairo.

Segundo Orhan Abbas, Vice-presidente Sénior das Operações Comerciais da Emirates para África, a companhia “está empenhada em oferecer aos passageiros mais opções de voo, o que lhes permitirá fazer ligação mais facilmente a vários pontos do Médio Oriente, Ásia, Américas, África e Austrália, incluindo Bahrein, Mascate, Kuala Lumpur, Banguecoque, Hong Kong, Nova Iorque, São Francisco, Cidade do Cabo, Entebbe, Melbourne e Sydney. Continuaremos a investir no Egito, a valorizar a economia local e a ajudar a expandir a sua presença nos negócios e no turismo.”

Tal como o atual serviço entre as duas cidades, os novos voos serão operados por um Boeing 777-300 ER de 360 lugares, numa configuração de três classes, que dispõe de oito suites privadas, 42 assentos em Classe Executiva e 310 em Classe Económica; acrescentando, por semana, à rota 1440 lugares em cada sentido, tal como 23 toneladas de capacidade de carga adicional em cada voo.

O voo adicional Dubai-Cairo EK925 partirá do Dubai às 20h50 e chegará ao Cairo pelas 23h05. O voo de regresso, EK926, sairá do Cairo às 00h45 e aterrará no Dubai às 06h15.

A Emirates iniciou operações para o Cairo, em abril de 1986, com três voos por semana. Estas cresceram constantemente, com aumentos na frequência e capacidade entre o Cairo e o Dubai, que surgiram para dar resposta à forte procura dos passageiros. Hoje, a Emirates opera 17 voos semanais entre as duas cidades. Globalmente, a companhia aérea emprega mais de 2000 trabalhadores de nacionalidade egípcia nos vários postos da Emirates, incluindo mais de 800 na equipa de cabine.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply