Lufthansa começa a operar voos para Hong Kong com Airbus 350-900 a...

Lufthansa começa a operar voos para Hong Kong com Airbus 350-900 a partir de setembro

0

É já a partir de 12 de setembro, que a companhia aérea Lufthansa vai começar a operar voos para Hong Kong, a partir de Munique, num avião Airbus A350-900, considerado um dos tecnologicamente mais avançados do mundo.

Para Wilken Bormann, CEO da Placa Giratória de Munique, “o voo para Hong Kong é uma das rotas mais longas da Lufthansa. Voar no A350-900 dará aos passageiros uma fantástica experiência de viagem. O baixo nível da pressão da cabina ajuda a que os passageiros cheguem bastante mais descansados ao destino”.

Devido à distância do voo — 10 000 quilómetros — a rota de Hong Kong irá ser operada por dois aviões voando alternadamente. Estes serão os 4º e 5º aviões A350-900 a serem entregues à Lufthansa a 12 de agosto e a 2 de setembro, respetivamente, e que terão as matrículas D-AIXD e D-AIXE. O voo inaugural do A350 para Hong Kong terá lugar no dia 12 de setembro às 22h30, chegando a Hong Kong pela 1ª vez onze horas depois, às 15h35 (hora local) a 13 de setembro.

Hong Kong é um destino importante para passageiros de negócios, além de oferecer muito para turistas. A 3ª maior metrópole da Ásia oferece aos visitantes uma boa mistura de cultura ocidental e asiática, com experiências inesquecíveis como as vistas sobre o perfil da cidade, ou uma visita ao pico Victoria. Hong Kong é também um centro comercial importante e uma placa giratória chave para a Ásia.

O 1º de quinze aviões A350-900 chegou a Munique em fevereiro para aí ficar estacionado. Até setembro de 2017, cinco destes aviões irão operar a partir de Munique para Boston, Nova Deli, Mumbai (Bombaim) e Hong Kong. O A350-900 tem lugar para 293 passageiros – 48 em Business Class, 21 em Premium Economy e 224 em Economy Class. O avião é atualmente o mais avançado e o mais amigo do ambiente do mundo. Usa 25 por cento menos querosene, produz 25 por cento menos emissões e é significativamente menos ruidoso na descolagem do que outro tipo de avião comparável. A Lufthansa tem encomendado um total de 25 destes aviões a jato ultramodernos.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply