Faro encerra Roadshow da Solférias com saldo positivo

Faro encerra Roadshow da Solférias com saldo positivo

0

Faro é a cidade escolhida para encerrar, esta sexta-feira, 5 de maio, o Roadshow 2017 da Solférias, com o tema “Cabo Verde no Coraçon”. Um périplo com um balanço positivo, como adianta Sónia Regateiro, diretora comercial do operador turístico, que reuniu mais de 650 agentes de viagens, nas cinco cidades por onde passaram (Porto, Vigo, Coimbra, Lisboa e Faro).
Segundo a mesma responsável, que falou à Imprensa, à margem do roadshow que ontem decorreu em Lisboa, no Sana Lisboa Hotel, Cabo Verde é o destino mais vendido pelo operador este ano, com um share de 43%, seguido por Portugal (Açores e Madeira), Disneyland Paris e Brasil.
Um destino que tem vindo a consolidar-se e que este ano não é exceção, com as vendas antecipadas para o período de maio a 31 de outubro, a rondarem um aumento de 40% face ao ano anterior, o que corresponde neste momento a 7.400 passageiros entre o Sal e a Boavista.
“Realmente as reservas antecipadas este ano funcionaram mesmo muito bem, nota-se que o português já interiorizou que para garantir o melhor preço e disponibilidade, tem de reservar com antecedência”, sublinha Sónia Regateiro, acrescentando: “Já temos muitas partidas esgotadas, principalmente para a ilha do Sal, nos períodos de junho, julho, agosto, mas posso dizer que as quatro primeiras partidas de junho para o Sal provenientes do Porto estão cheias.”
Apesar das vendas estarem a correr bem, existe ainda “muita disponibilidade, principalmente para a Boavista”, uma vez que segundo a diretora comercial da Solférias, “consolidamos mais operação e em vez de termos dois voos, um de Lisboa e outro do Porto, atualmente estamos com quatro voos, dois de Lisboa e dois do Porto, mas pensamos que uma vez que estes voos são feitos em parceria com a Soltrópico, entre os dois temos a operação perfeitamente ajustada à procura do mercado”.
Novidades no roadshow

Sónia Regateiro relembrou ainda que Cabo Verde continua a ser um destino prioritário e de “grande aposta quer na divulgação quer na promoção” e apesar de os agentes de viagens já conhecerem o destino, há sempre novidades a acrescentar: “Tentamos sempre encontrar novos parceiros para estarem connosco, este ano tentámos trazer um novo hotel que deverá abrir em setembro, no Sal, que é o Hilton, mas os responsáveis não quiseram antecipar a participação no roadshow sem terem a certeza efetiva da abertura da nova infraestrutura”.
Mas novidades por Cabo Verde é coisa que não vai faltar, a começar pela reabertura dos dois hotéis da cadeia RIU que estiveram encerrados para obras de remodelação. Assim, o RIU Garoupa passou a RIU Funaná Club Hotel, e o RIU Funaná passou a RIU Palace, isto na ilha do Sal.
“No Sal ainda tivemos também no início do ano, a abertura do Meliá Llana Beach Resort & Spa, que é um hotel dentro do complexo Meliá, ou seja, no total agora são quatro. Em frente ao Meliá Llana Beach Resort & Spa abriu também um bar, piscina, restaurante que é o Bikini Beach. São todas estas novidades da ilha do Sal que faz falta realizarmos o roadshow e promover o destino ao nível do trade em geral”, explica a diretora comercial da Solférias.
Novidade ainda, é a alteração do nome e da cadeia do Hotel Royal Decameron Boavista, que a partir de agora passa a chamar-se New Horizons Hotels & Resorts.
No que diz respeito à participação das companhias aéreas no Roadshow “Cabo verde no Coraçon”, Sónia Regateiro menciona a TAP e os TACV, as principais parceiras da Solférias para este destino: “Inclusivamente com a TAP, para além destes voos regulares temos também algumas operações charters. É com a TAP que fazemos o nosso charter anual para a Boavista, é com a TAP que lançamos um voo extra já a partir de junho, também aos domingos, até final de outubro para a ilha da Boavista. Também conseguimos colocar com a TAP um Porto-Sal a voar aos sábados à noite.”
Presentes pela primeira vez neste roadshow estiveram também a Caetano Rent-a-car e o hotel Pestana Trópico (ilha Santiago), este último com o intuito de dinamizar as vendas para Santiago, uma vez que este é um destino muito associado ao mercado corporate, “mas também tem uma vertente turística muito grande para explorar, quer em termos de cultura quer em termos de praia, ao nível do Tarrafal”, sublinha a diretora comercial da Solférias.
A completar a sala do Sana Hotel Lisboa, à qual acorreram cerca de 270 agentes de viagens, segundo aquela responsável, estiveram ainda os hotéis Iberostar Hotels & Resorts, Oásis Atlântico Hotéis e o Meliá Hotels & Resorts.
“De sublinhar ainda que 99% dos clientes para o destino Cabo Verde preferem o tudo incluído, e optam por hotéis de 4 e 5 estrelas”, conclui Sónia Regateiro.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply