Lisboa em contagem decrescente para o evento Seatrade Cruise Med

Lisboa em contagem decrescente para o evento Seatrade Cruise Med

0

O Porto de Lisboa iniciou a contagem decrescente para a Seatrade Cruise Med 2018 – o maior evento da indústria de cruzeiros focado no Mediterrâneo e mares adjacentes – que este ano é parte integrante do programa do evento Portugal Shipping week, que foi recentemente anunciado.
Acolhido pela Administração do Porto de Lisboa (APL, S.A.) e apoiado pela Associação MedCruise e CLIA – Cruise Lines International Association, o evento terá lugar nos dias 19 e 20 de setembro, sendo composto por uma exposição/feira, conferências e um completo programa de networking.
Até ao presente momento, já estão confirmadas as participações de 29 executivos, dos 150 esperados, que representam operadores de navios de cruzeiro, nomeadamente AIDA Cruises; Azamara; Carnival UK; Disney Cruise Line; MSC Cruises; Mystic Cruises, Norwegian Cruise Line; Royal Caribbean International; Sea Cloud Cruise Line; Silversea; TUI and Viking Ocean Cruises.
A presidente do Conselho de Administração do Porto de Lisboa, Dr.ª Lídia Sequeira, durante a conferência de imprensa, afirmou que: “acolher este prestigioso evento é o reconhecimento do trabalho que temos vindo a realizar nos últimos anos no setor dos cruzeiros. Acreditamos que a realização deste evento irá contribuir para impulsionar a economia do setor ao nível local e nacional, principalmente agora que o porto de Lisboa está preparado e equipado com um Terminal de Cruzeiros de última geração, com capacidade para receber todo o tipo de navios de cruzeiro e os respetivos passageiros.”
Como parte deste evento dedicado em exclusivo aos cruzeiros, os participantes terão a oportunidade de visitar o Terminal de Cruzeiros de Lisboa, que foi inaugurado no final de 2017. A LCP – Lisbon Cruise Port, a entidade concessionária da atividade de cruzeiros no Terminal de Cruzeiros de Lisboa realizou um investimento de, aproximadamente, 22 milhões de euros no novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa, uma infraestrutura que conta com 360 lugares de estacionamento; 80 lugares para autocarros/ táxis; área de comercial; passadiços automatizados; a mais recente tecnologia CCVT e até sete postos de controlo de segurança (rx).
O novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa é servido por um cais com 1490 metros de comprimento.
O terraço do edificio oferece uma vista panorâmica da frente ribeirinha, de um lado o Terminal de Cruzeiros e o rio Tejo, do outro lado, a bonita cidade de Lisboa. A nova Gare de Passageiros é uma infraestrutura com 13.800 m2, que tem também uma cafetaria, zona comercial e área reservada aos tripulantes.
A Administração do Porto de Lisboa prevê que o trafego de navios de cruzeiro continue a aumentar e que Lisboa se posicione como um importante ponto de início e fim de itinerários de cruzeiro – cruise homeport.
Durante a Seatrade Cruise Med serão abordados os aspetos mais relevantes da Indústria dos cruzeiros e que marcam a atualidade, incluindo a entrega de mais de 100 novos navios até 2027, um investimento de $57.3 bilhões de dólares.
O setor dos Estaleiros navais mantém-se particularmente dinâmico no Mediterrâneo, englobando inúmeros estaleiros navais situados na bacia do mediterrâneo e mares adjacentes, caracterizados pelo alto nível de conhecimentos e competências num setor de elevada especialização.
Perante isso, Emma Howell, Global Marketing Manager da Seatrade, declarou que ” o setor de construção e reparação naval de navios de cruzeiro atravessa, atualmente, um período de expansão notório em todo o Mediterrâneo. Como a procura por cruzeiros marítimos continua a aumentar, também aumentam as oportunidades para os estaleiros regionais – foram os estaleiros, ao nível local, que deram resposta a praticamente um terço de todas as renovações em 2017.”
Enquanto o estaleiro Fincantieri, em Itália, que atualmente reivindica mais de um terço dos 100 navios encomendados, são muitos os estaleiros no Mediterrâneo que estão à procura de espaço neste mercado, bastante lucrativo, da construção e renovação de navios de cruzeiro.
O estaleiro naval WestSea, localizado em Viana do Castelo está, presentemente, a construir o navio World Explorer, de arqueação bruta de 9.300 (Gt), encomendado pela Mystic Cruises – um operador recente no mercado dos cruzeiros de expedição e, também, já confirmado como expositor na Seatrade Cruise Med 2018.
O Estaleiro naval Lisnave, sedeado em Setúbal, também alargou a sua atividade no setor dos cruzeiros, tendo, nos primeiros meses de 2017, obtido um crescimento de 15% nas reparações a navios de cruzeiros, face ao período homologo em 2016. A Lisnave, juntamente com a West Sea – Estaleiros Navais, Lda,, a Naval Rocha SA e o Arsenal do Alfeite, SA, tem a sua presença confirmada como expositores na Seatrade Cruise Med, uma manifestação de força deste setor num palco privilegiado.
Emma Howell destacou ainda que “o compromisso destes quatro estaleiros para a sua exposição na Seatrade Cruise Med 2018 é um testemunho do dinamismo da indústria e um incentivo único para a discussão sobre a manutenção de um futuro promissor”.
A exposição/feira na Seatrade Cruise Med será palco para várias entidades distintas, das quais se destacam: os portos e destinos, as autoridades de turismo, as associações de cruzeiros, operadores turísticos, agentes de viagens, os agentes de navegação, hotéis, fornecedores em geral e específicos, que irão apresentar os seus produtos e serviços dedicados à indústria de cruzeiros.

Paralelamente à exposição, decorrerão conferências onde serão apresentadas as novas tendências que caracterizam o setor e afetam a indústria dos cruzeiros, principalmente na região do mediterrâneo.
Com oradores minuciosamente escolhidos, os temas abordados são: uma Palestra inaugural sobre o sector pela Cruise Lines International Association; análise sobre o estado da indústria; Antevisão da procura no Mediterrâneo e nos mares adjacentes; Melhores Práticas recomendadas para reduzir a pegada de carbóno e as oportunidades nos novos destinos.
O presidente da MedCruise, Airam Diaz Pastor, comentou que:
“A MedCruise representa mais de 20% do tráfego global de cruzeiros, a Associação, com mais de 100 membros associados no Mar Negro, Mar Vermelho, Mar Adriático, Mediterrâneo (Oeste e Leste) e Atlântico.
Acrescentou que ” nos portos associados da MedCruise, em 2017, foram movimentados 25.9 milhões de passageiros de navios de cruzeiro, e que está previsto movimentar 28 milhões em 2018.”
“Juntos, enfrentamos os novos desafios que o setor de cruzeiros nos coloca: construção de novos terminais, o desenvolvimento das infraestruturas portuárias, a expansão dos mercados emergentes, bem como as novas regulamentações, e as questões ambientais e relacionadas com a energia. Eventos como o Seatrade Cruise Med são uma plataforma para discutir esses desafios e oportunidades, e acolhemos este evento em setembro como um local preferencial para promover esta discussão”.
Além das inúmeras oportunidades para promover o networking, destaca-se uma nova e empolgante iniciativa, designada de: “20 under 40”; serão identificados, pela equipa da Seatrade Cruise News, com a ajuda dos seus leitores, os 20 profissionais da indústria de cruzeiros que, com menos de 40 anos de idade, já se destacam. Será compilada uma lista inicial para posteriormente ser revista por um painel de jurados, os 20 finalistas serão anunciados durante a Seatrade Cruise Med.
Um dos destaques para estes dois dias, será, também, a iniciativa Seatrade Cruise Awards. Na sua 12.ª edição, o evento Seatrade Cruise Awards, continua a reconhecer e a premiar, internacionalmente, os melhores resultados no setor dos cruzeiros e, simultaneamente a atuar como um estímulo para um processo de melhoria contínua dos elevados padrões de exigência já reconhecidos pela Indústria.
A Seatrade Cruise Med é um evento realizado de dois em dois anos e, este ano, organizado pela Administração do Porto de Lisboa. A Associação MedCruise (The Association of Mediterranean Cruise Ports), da qual o Porto de Lisboa é membro desde 2000, é o principal patrocinador e apoiante.
O evento recebeu o apoio Institucional do Ministério do Mar – República Portuguesa, da Câmara Municipal de Lisboa, do Turismo de Portugal, da ATL – Associação do Turismo de Lisboa e da LCP – Lisbon Cruise Port.
Como patrocinadores: Gibraltar Tourist Board e Intercruises Shoreside & Port Services.
Como apoiantes: Cruise Lines International Association (CLIA) and Florida Caribbean Cruise Association (FCCA). Entidade apoiada para efeitos de caridade: Mercy Ships (ONG – Ajuda humanitária)

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply