MSC coloca à venda verão de 2023 para o novo MSC Euribia

MSC Euribia

A MSC Cruzeiros abriu as vendas para o MSC Euribia, o navio mais avançado a nível ambiental na sua frota e o seu segundo navio movido a LNG atualmente em construção no estaleiro Chantiers de L´ Atlantique, em França, com lançamento previsto para o inicio de junho de 2023. O navio passará a sua temporada inaugural no Norte da Europa a partir do porto alemão de Kiel, oferecendo aos passageiros uma rica panóplia de destinos incríveis para descobrir.

O MSC Euribia oferecerá um itinerário incrível de 7 noites navegando para os fiordes noruegueses com partidas semanais de Kiel, Alemanha, com escalas incluindo Copenhaga, Dinamarca; Hellesylt; Noruega para o Geirangerfjord; assim como Alesund e Flaam, também na Noruega, entre outros.

Todos os membros do Voyagers Club que reservarem o MSC Euribia beneficiarão do desconto habitual de 5%, mais um desconto adicional de 5% na reserva e desfrutarão de pontos Voyagers Club a dobrar. Para além disso, os membros Silver, Gold e Diamond também beneficiam de um crédito a bordo de €50 por pessoa.

Revelado o vencedor do design do casco

O MSC Euribia terá uma silhueta marcadamente diferente dos seus navios-irmão na classe Meraviglia-Plus, graças a uma obra de arte exclusiva concebida como um compromisso da MSC Cruzeiros com o mar. A companhia realizou um concurso de design internacional exclusivo através da Talent House para criar uma obra de arte única para o casco do navio, inspirada no mar e no seu importante ecossistema marinho. O design ficará permanentemente no casco do navio, destacando os passos que a Companhia está a dar em direção a um futuro mais verde.

Projetos de 59 países em todo o mundo foram enviados e o vencedor, o artista alemão Alex Flaeming, foi revelado hoje. Flaeming terá a honra da sua obra de arte decorar o exterior do navio, destacando o compromisso continuo da Companhia com o meio ambiente e o compromisso de atingir zero emissões  de gases de efeito estufa (GEE) até 2050.

Os cinco finalistasterão os seus projetos exibidos a bordo do navio numa nova galeria.

Flaemig, natural de Dresden, Alemanha, inspirou-se na oportunidade de transformar o casco do MSC Euribia numa tela gigante flutuante para destacar a importância do respeito pelo meio ambiente. O seu design #SaveTheSea apresenta o mundo único debaixo de água com a sua vida preciosa e combina as cores dos logótipos da MSC Cruzeiros e da MSC Foundation, criando um efeito gradiente que pinta a fauna e a flora marinhas em todo o casco.

A obra de arte vencedora foi selecionada entre dezenas de outras de todo o mundo por um painel de jurados internacionais, incluindo o artista de areia Jben, conhecido pelos seus frescos de areia efêmeros em grande escala que são levados pela maré, o arquiteto Martin Francis e Pierfrancesco Vago, Executive Chairman of the Cruise Division of MSC Group.

MSC Euribia ambientalmente avançado

OMSC Euribiaentrará ao serviço em 2023 e tornar-se-á o segundo navio movido a LNG da frota da MSC Cruzeiros, marcando mais um passo na redução substancial das emissões de gases de efeitos de estufa. O LNG desempenha um papel fundamental na viagem em direção à mitigação das mudanças climáticas e reduzirá as emissões de CO2 até 25 % no MSC Euribia em comparação com os  combustíveis padrão, para além de eliminar virtualmente outras emissões atmosféricas.

Á medida que os biocombustíveis e sintéticos estiverem disponíveis, as emissões do MSC Euribia serão ainda mais reduzidas. O LNG é a chave para o desenvolvimento de soluções de baixas emissões de carbono para a navegação enquanto tecnologias emergentes como células de combustível que podem ser operadas com LNG até as emissões zero, o bio-LNG ou o hidrogénio verde se tornarem amplamente disponíveis.

A MSC Cruzeiros está ativamente envolvida em vários projetos para desenvolver e viabilizar essas tecnologias em parceria com reguladores, academia, estaleiros e indústria. Isso inclui um projeto para estudar a utilização de combustível de hidrogénio em navios de cruzeiro em parceria com a Fincantieri e a SNAM, bem como um projeto piloto para o desenvolvimento de tecnologia de célula de combustível de óxido sólido para navios de cruzeiro com Chantiers de l´ Atlantique e Bloom Energy.

O MSC Euribia utilizará um sistema avançado de tratamento de águas residuais, bem como um sistema de gestão de ruido irradiado debaixo de água para minimizar os efeitos das vibrações na vida marinha. Vários recursos de eficiência energética ajudam a reduzir e otimizar a utilização do motor.

A MSC Cruzeiros está empenhada em alimentar pelo menos três navios futuros com LNG, representando um investimento total superior a 3 mil milhões de euros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here