Porto do Funchal volta a liderar na receção de navios de cruzeiro

O Porto do Funchal foi, em 2021, o porto nacional com maior número de escalas de navios de cruzeiros, registando 113 escalas, 114 767 passageiros e 70 815 tripulantes. Estes valores levaram o Porto do Funchal a recuperar a liderança nacional a nível de escalas, algo que já não sucedia desde 2015.

Também o Porto do Porto Santo registou um crescimento enquanto porto de cruzeiros, uma recuperação ocorrida nos últimos três meses de 2021, devido ao alívio das medidas de contingência face à pandemia. As 12 escalas, 2 522 passageiros e 2 180 tripulantes são, de resto, um valor inédito e muito relevante para a ilha de Porto Santo.

Desta forma, os Portos da Madeira (Funchal e Porto Santo) concluíram o ano de 2021 com um total de 125 escalas e um movimento de 117 289 passageiros, números conseguidos praticamente, no último trimestre, isto apesar do primeiro navio do ano, o “World Voyager” ter feito escala inaugural em junho.

A presidente do Conselho de Administração dos Portos da Madeira, Paula Cabaço, ressalva o facto de o sector ter arrancado “com mais movimento do que o esperado, apesar de todas as limitações impostas pela pandemia. Tivemos 13 turnarounds, completos e parciais que movimentaram 3 126 passageiros e 44 pernoitas de navios, um indicador que mantém a tendência de crescimento, e que cria maiores oportunidades de dinamizar a economia da Região Autónoma da Madeira”, sublinha.

Apesar de nunca ter deixado de acreditar no potencial dos Portos da Madeira para a atração do turismo de cruzeiros, a responsável da APRAM salienta que “foi fundamental termo-nos preparado para a retoma, mantendo o diálogo com as companhias, planificando de forma detalhada a operação, criando instrumentos de trabalho e reforçando a comunicação sobre o que estávamos a fazer ao nível da segurança sanitária, uma mensagem que se impunha perante as novas circunstâncias. Todo esse trabalho traduziu-se num investimento de mais de meio milhão de euros, um esforço elogiado pelos nossos parceiros, inclusive pela CLIA (Cruise Lines International Association)”.

O ano de 2021 ficou também marcado pela apresentação da nova assinatura da marca Portos da Madeira (“Your Safe Port”), que reflete o novo posicionamento da APRAM no mercado turístico de cruzeiros.

Embora ainda longe das estatísticas do mesmo período de 2019, no período pré pandemia, “o saldo de 2021 é francamente positivo e dá-nos excelentes perspetivas para os próximos anos,” considera Paula Cabaço.

O ano de 2022 promete ser um ano recorde ao nível do movimento de cruzeiros nos Portos do Funchal e Porto Santo, com um total de 350 escalas previstas (325 no Funchal e 25 no Porto Santo). As atuais perspetivas são apenas comparáveis a 2012, quando os Portos da Madeira registaram 339 escalas.

Para o ano que agora se inicia estão previstas também 26 estreias (20 no Funchal e seis no Porto Santo), a primeira das quais acontece já a 21 de fevereiro, com o “Seabourn Encore”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here