Primeiro A321LR chega à TAP

Primeiro A321LR chega à TAP

0
Da esquerda para a direita: Bruno Castola, Diretor Geral Airbus Programmes, CFM International; Miguel Frasquilho, Chairman da TAP AIR PORTUGAL; Pedro Nuno Santos, Ministro das Infraestruturas e Habitação no XXI Governo Constitucional; Antonoaldo Neves, Presidente Executivo da TAP AIR PORTUGAL; Klaus Röwe, Vice-Presidente Sénior – Chefe da Família A320, Airbus

A TAP Air Portugal recebeu o primeiro dos 12 A321LR que tem encomendados, tornando-se assim a primeira companhia aérea a operar com uma frota que combina A330neo e A321LR. O A321LR é o avião de corredor único de grande capacidade mais polivalente e com melhor performance a nível global. Equipado com motores CFM, o A321LR entregue à TAP tem uma configuração de 171 lugares (16 assentos full flat em Executiva, 48 em Económica Premium e 107 em Económica).

A combinação d A321LR e A330neo na mesma frota permite aos operadores responderem de forma eficaz às exigências dos mercados de médio e longo curso. Graças a estes aviões de corredor único e widebody de nova geração, que apresentam respetivamente reduções no consumo de combustível de 20% e 25%, as companhias aéreas podem tirar o máximo partido dos níveis de similaridade dos aparelhos nas suas operações, ao mesmo tempo que os passageiros beneficiam de standards de conforto mais elevados e harmonizados.

“O A321LR tem um papel fundamental nos planos de expansão da TAP. Graças ao seu maior alcance podemos confortavelmente explorar os mercados sul americano, norte americano e africano a partir de Portugal, para além de  este modelo se integrar perfeitamente com os A330neo que já temos,” declarou Antonoaldo Neves, CEO da TAP Air Portugal. “Na América do Norte este aparelho permitirá explorar os mercados da Costa Leste, como Nova Iorque, Boston, Montreal ou Washington. No Brasil, o A321LR pode abrir novos destinos na região do Nordeste e reforçar os serviços existentes para destinos como Recife, Natal, Fortaleza ou Salvador”, acrescentou. “Estes aparelhos estão equipados com assentos de nova geração, com cadeiras totalmente rebatíveis na classe executiva e assentos muito confortáveis na classe económica, oferecendo ainda um equipamento completo de conectividade e entretenimento a bordo, bem como serviços de mensagens gratuitos”

O novo A321LR de TAP entrará diretamente para operar a rota Lisboa-Tel Aviv.

“Damos os parabéns à TAP por se tornar na primeira companhia a beneficiar das vantagens de juntar A321LR e A330neo na mesma frota. Explorados em conjunto, os modelos A321LR E A330neo cobrem perfeitamente o segmento médio do mercado. Os “Airbus NEO Midsize Aircraft” – chamemos-lhes “A-NMA” – são uma combinação vencedora. Associam-se os baixos custos de exploração do modelo de corredor único transatlântico A321LR à polivalência do longo curso de nova geração do A330neo. Cada um destes aparelhos oferece as tecnologias mais modernas e o melhor nível de conforto na sua categoria”, declarou Christian Scherer, Chief Commercial Officer da Airbus.

A TAP opera atualmente uma frota Airbus de 75 aparelhos composta por cinco  aviões A330neo, 13 aviões A330ceo, quatro aviões A340 e 45 aviões da família A320. A frota de corredores únicos inclui 21 A319ceo, 20 A320ceo, quatro  A321ceo, dois  A320neo e seis  A321neo.

O A321LR faz parte da família A320neo, que conta já com mais de 6 500 encomendas vindas de mais de 100 clientes. O modelo A321LR permite fazer uma poupança de 30% no combustível e apresenta uma diminuição na pegada sonora de cerca de 50% comparavelmente aos aviões concorrentes de gerações anteriores. Com um alcance que pode chegar aos 7 400 km (4 000 nm), este aparelho tem uma capacidade verdadeiramente transatlântica e é um «ponta de lança» inigualável no segmento de longo curso, oferecendo o conforto excecional de um widebody numa cabina de corredor único. 

O A330neo é um avião de última geração, desenvolvido a partir do bem-sucedido modelo A330 e aproveitando a tecnologia do A350 XWB. Este avião incorpora os motores de última geração altamente eficientes, novas asas e novos sharklets derivados da tecnologia A350.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply