Receitas da easyJet sobem 7,3% e expetativas de crescimento mantém-se

Receitas da easyJet sobem 7,3% e expetativas de crescimento mantém-se

0

Durante os primeiros seis meses do exercício de 2019, findo a 31 de março, a easyJet, registou um aumento do número de passageiros, num total de 41,6 milhões, o que constitui um aumento de 4,9 milhões (13,3 %).

A capacidade aumentou 14,5 %, sobretudo devido à anualização das novas operações em Berlim. A easyJet expandiu a capacidade da rede existente em 7%. A taxa de ocupação diminuiu 1,0 ponto percentual para 90,1 %, principalmente em resultado do reforço da ocupação em Berlim no primeiro trimestre.

O total de receitas subiu 7,3 % para £2,343 milhões, tendo em 2018 sido de £2,183 milhões, graças ao aumento da capacidade e a um lucro cambial negativamente contrabalançado pelo abrandamento do mercado relacionado com o Brexit, o impacto da deslocação da Páscoa, a nova norma de contabilidade IFRS 15 e a anualização dos proveitos obtidos no exercício anterior com a falência da Monarch e o cancelamento de uma grande parte dos voos agendados pela Ryanair para o inverno de 2017/2018 no Reino Unido. O total de receitas por assento diminuiu 6,3% para £50,71, numa descida de 7,4 %.

O custo global por assento subiu 3,9 % para £56,66 em resultado dos aumentos de preço do combustível, do impacto cambial, da inflação de custos subjacentes, do investimento em iniciativas estratégicas e de resiliência, bem como do impacto dos drones no aeroporto de Gatwick em dezembro. Estes impactos foram mitigados pelo programa de custos e pela atualização da frota. O custo global por assento excluindo combustível, a moeda constante, subiu 1,3 %.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply