Solférias sugere que “Comece as férias mais cedo”

Solférias sugere que “Comece as férias mais cedo”

0

A Solférias apresentou, na passada quinta-feira, 22 de março, com toda a popa e circunstância, a sua programação para este ano, tendo reunido mais de 500 agentes de viagens e alguns parceiros, em Lisboa.

O tour operador, sob o mote, “Comece as férias mais cedo”, pretende transmitir ao agente de viagens que “a partir do momento em que reservem com a Solférias, também eles ficam de férias, porque estão descansados e sabem que o cliente vai ter um bom serviço”.

Sónia Regateiro, diretora Comercial da Solférias, em declarações aos jornalistas, à margem do evento, passou a mensagem de que os agentes de viagem podem “confiar” na equipa do operador, assim como na sua programação. “A Solférias sempre que lança um destino novo tem o cuidado realmente de os estudar em profundidade e analisar de acordo com o que o mercado procura”, adiantou, reforçando que sempre que adiciona. Um novo destino, esse mercado é totalmente analisado e inspecionado, quer a nível do próprio destino como das suas unidades hoteleiras.

Quanto a novidades, para o verão deste ano, a realidade é que a Solférias já as tinha dado a conhecer ao mercado antes do evento de apresentação. É o caso da programação para Marrocos em que irá avançar, em parceira com outros operadores, com operação charter para Agadir, à partida de Lisboa e Porto, de junho a setembro, e ainda para a recordista de vendas, a estância balnear de Saïdia.

A Solférias está novamente de volta à Tunísia, em voos com a Tunísair, mas também em operação Chargers do Porto para Monastir e de Lisboa para Djerba, igualmente em operações conjuntas com outros operador turísticos portugueses. Apesar do destino já ter vivido dias menos bons, devido a atos de terrorismo, Sónia Regateiro garante: “estivemos lá e o país transparece segurança”.

A Solférias encontra-se em período de vendas antecipadas até 30 de abril, mas Sónia Regateiro afirma que a BTL foi um “momento muito forte” do ‘early booking’ deste ano.

Apesar de este ano a Bolsa de Turismo de Lisboa ter registado um menor número de participantes, a diretora Comercial assegura que a Solférias registou um “aumento de 51%” nas vendas durante aquela que é a maior feira anual do Turismo em Portugal e avança que a BTL é “uma feira para comprar viagens ao melhor preço”, com grande procura por destinos como Cabo Verde, Disneyland Paris, Brasil e Saïdia.

Sónia Regateiro justifica os preços baixos a que se está a assistir devido ao excesso de oferta existente no mercado e alerta. “Já tivemos, em anos transactos, demasiadas operações no mercado português, quando sabemos que o número de portugueses não cresceu e nem triplicou. Depois quando analisamos os voos charters estes triplicaram em termos de oferta”, explicou, mas enaltece que toda a operação charter da Solférias é feita em parceria, tornando-se mais seguro. “Consideramos que é mais ajuizado conseguirmos juntar os parceiros e realmente conseguir programar os destinos em conjunto”, continuou a responsável, justificando esta decisão como a melhor para evitarem “dar tiros nos pés”.

A perspetivas da Solférias para 2018 são boas e, embora sem revelar números, a profissional terminou dizendo: “a nossa perspectiva é sempre fazer mais e melhor. Claro que queremos fazer mais do que no ano passado.”

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply