Terça-feira, Dezembro 10, 2019
Tags Post com a tag "Espanha"

Espanha

0

A Turespaña lançou ontem “Spain in 10 seconds”, uma nova campanha de promoção turística que se apoia em recomendações pessoais e motivações para visitar Espanha, expressadas por uma dúzia de personalidades espanholas relacionadas com a cultura, cinema, moda, desporto e gastronomia. Cada um, desde o seu enfoque pessoal, mostra as suas experiências e destinos preferidos da geografia espanhola através de pequenos vídeos em formato selfie.

O primeiro dos embaixadores que integra esta campanha é o psiquiatra Luis Rojas Marcos. Durante uma semana, participarão também a estilista Ágatha Ruiz de la Prada e a jogadora de badminton Carolina Marin. Os outros nomes serão revelados pouco a pouco durante os meses de Abril e Maio. O público alvo desta esta nova campanha, que se desenvolve em redes sociais e meios digitais e que conta

com um orçamento de dois milhões de euros, é o segmento de turistas caracterizado por uma alta propensão de gasto no destino e com um elevado índice de afinidade pelas actividades mais experienciais. Trata-se também de um grande catalisador para desestacionalizar a

procura turística. A campanha que se transmitirá em 15 países está baseada numa estratégia de segmentação por perfis de interesse, que permite chegar aos turistas em função do seu lugar de origem, das suas motivações à hora de viajar e da sua afinidade com cada

uma das personalidades. Spain in 10 seconds complementa e reforça a campanha lançada em 2017 “Espanha faz parte de si” que representou uma mudança de estratégia de marketing de Turespaña, substituindo o enfoque da oferta pelo da procura, na qual o turista é situado no centro da acção.

0

A Turespaña lançou ontem “Spain in 10 seconds”, uma nova campanha de promoção turística que se apoia em recomendações pessoais e motivações para visitar Espanha, expressadas por uma dúzia de personalidades espanholas relacionadas com a cultura, cinema, moda, desporto e gastronomia. Cada um, desde o seu enfoque pessoal, mostra as suas experiências e destinos preferidos da geografia espanhola através de pequenos vídeos em formato selfie.

O primeiro dos embaixadores que integra esta campanha é o psiquiatra Luis Rojas Marcos. Durante uma semana, participarão também a estilista Ágatha Ruiz de la Prada e a jogadora de badminton Carolina Marin. Os outros nomes serão revelados pouco a pouco durante os meses de Abril e Maio. O público alvo desta esta nova campanha, que se desenvolve em redes sociais e meios digitais e que conta

com um orçamento de dois milhões de euros, é o segmento de turistas caracterizado por uma alta propensão de gasto no destino e com um elevado índice de afinidade pelas actividades mais experienciais. Trata-se também de um grande catalisador para desestacionalizar a

procura turística. A campanha que se transmitirá em 15 países está baseada numa estratégia de segmentação por perfis de interesse, que permite chegar aos turistas em função do seu lugar de origem, das suas motivações à hora de viajar e da sua afinidade com cada

uma das personalidades. Spain in 10 seconds complementa e reforça a campanha lançada em 2017 “Espanha faz parte de si” que representou uma mudança de estratégia de marketing de Turespaña, substituindo o enfoque da oferta pelo da procura, na qual o turista é situado no centro da acção.

0

A Binter, companhia aérea das Canárias, que começou a operar entre Lisboa e Tenerife, no passado mês de outubro, conta chegar ao final de 2018 com 20.800 passageiros transportados neste nova rota, avançou à Viajar Pablo Villalobos, diretor de desenvolvimento de mercados internacionais da empresa.

O responsável, que falava durante um evento que organizou esta terça-feira, dia 10 de abril, em Lisboa, juntamente como a Oficina de Turismo de Tenerife e a Turespaña, para mais de 150 agentes de viagens, disse que “para já é prematuro estar a dizer quantos passageiros já foram transportados”, sobretudo porque “só agora” estão a “começar a ver frutos desta aposta”. No entanto, referiu que no inicio registaram maior procura no sentido Tenerife-Lisboa, apesar de agora estar já muito perto dos 50% para cada lado, fazendo crer que “os portugueses já estão a começar a descobrir e conhecer a Binter”.

Pablo Villalobos garante que a grande maioria dos passegeiros tem tido como destino final Tenerife, embora “entre 20% a 25% escolha este voo para fazer conexão entre ilhas”.  Refira-se que a Binter oferece a conexão gratuita nos voos entre as ilhas canária, à partida de Lisboa, via Tenerife.

A relação entre os operadores turísticos e os agentes de viagens tem sido para a Binter “fundamental”, justificando que são estes segundos são os responsáveis “por mais de 80% das reservas” da transportadora nas rotas entre Portugal e as Canárias.

A nova rota entre Lisboa e Tenerife teve inicio a 29 de outubro de 2017, altura em que a companhia aérea deixou de operar a rota Lisboa – Gran Canária, após a TAP ter iniciado também essa operação.

A realizarem-se às quintas e domingos, em aparelhos Bombardier CRJ1000, de 100 lugares, com serviço de refeições a bordo incluído no preço das viagem, a Binter não descarta a hipótese de poder vir a colocar “uma terceira frequância no Verão, caso a procura assim o justifique”, afirmou o profissional.

Para além desta nova rota, a Binter conta ainda com um outra sazonal entre o Funchal e Tenerife, duas vezes por semana, e ainda uma outra entre o Funchal e Gran Canária com oito frequências no verão e três no inverno, qualquer uma em aparelho ATR72, com 72 lugares.

A apresentação de Lisboa decorreu no hotel Iberostar Lisboa e contou com a presença de diversos parceiros, designadamente a Adrian Hoteles, Bahia Principe, CanariasViaja.com, Hard Rock Hotel Tenerife, Parque Etnográfico Pirâmides de Guimar, Soltour, Vincci Hoteles e Volcano Teide Experience.

Durante a apresentação, os responsáveis pelo turismo de Tenefire afirmaram que em 2017 a ilha recebeu 18.321 portugueses, num aumento de 46,63% quando comparando com  o ano anterior.

Este slideshow necessita de JavaScript.

0

O Instituto de Cervantes, em Lisboa, recebeu esta sexta-feira, 19 de maio, a apresentação da peça “O Alcaide de Zalamea”, um dos símbolos da literatura espanhola, com vista a promover a região de Zalamea de la Serena como festa de interesse turístico nacional e que há 24 anos se desenrola no mês de agosto, durante quatro dias.
Na apresentação, que contou com a presença de D. Miguel Ángel Fuentes, Alcade do município de Zalamea de la Serena, D. José Ángel Benítez Nogales, Deputado de desenvolvimento Local da região provincial de Badajoz, esteve também o diretor da companhia de teatro, D. Miguel Neto, que desde 1994 abraça o desafio de encenar e envolver todos os habitantes daquela região.
Entre 17 e 22 de agosto, Zalamea de la Serena transforma-se num palco gigante, onde 729 dos 3.800 habitantes que ali moram vestem o papel de atores amadores para contar a história de “O Alcaide de Zalamea”, transportando quem assiste para o século XVI e dar vida à obra de Calderón de la Barca. Cavalos, burros, pombas e mais de 700 pessoas contracenam em três cenas, que segundo o diretor “se dividem em várias outras pequenas cenas”. Os visitantes assistem sentados ao espetáculo, que apesar de retratar uma sociedade de há 400 anos traz à cena temas tão atuais como a “desigualdade de géneros ou o abuso de poder”.
“É muito gratificante encenar estes atores amadores, que durante o dia têm as suas profissões normais. Não recebem dinheiro por esta interpretação, fazem-no por amor”, sublinha D. Miguel Neto.
Pela primeira vez, a famosa obra literária espanhola atravessa a fronteira para se apresentar no país vizinho, que segundo o Alcalde do município de Zalamea de la Serena, D. Miguel Ángel Fuentes, “faz todo o sentido, uma vez estarmos tão perto. De Zalamea de la Serena até Lisboa são 3h30 de viagem, enquanto até Elvas são apenas 1h30. Creio que esta proximidade que temos com o povo português agora está mais presente do que nunca.”
A festa, que já recebe nos quatro dias em que se desenrola, cerca de 10 mil visitantes provenientes de todos os cantos do mundo, concorre agora a festa de interesse turístico nacional, depois de em 2008 ter sido declarada Festa de Interesse Turístico Regional e de o povo de Zalamea de la Serena ter recebido a medalha da Extremadura em 2011. Uma candidatura que é apoiada pela região de Badajoz, pelo Instituto de Cervantes e pelo Turismo de Badajoz, tendo vindo a ser promovida através de presenças em eventos estratégicos, como a Bolsa de Turismo de Lisboa ou a Fitur em Madrid.
“O teatro transformou-se num ponto de união importantíssimo, une todo o povo independentemente de cor política, situação económica, forma académica, é uma festa na qual confluímos todos os habituantes de Zalamea de la Serena e mostramos ao mundo que a cultura não está encerrada em bibliotecas e museus, que parte das gentes e as gentes fazem-na sua, o teatro é seu, um componente popular muito importante”, explica ainda À Revista Viajar, o mesmo responsável, que garante haver muito mais do que teatro para ver neste município de Espanha na província de Badajoz.
“Temos um mercado artesanal do século do ouro espanhol, que foi a época de maior esplendor literário dentro da história de Espanha, há mais representações teatrais de rua, pequenas peças apresentadas por crianças, por companhias amadoras, onde as pessoas podem ir comer e beber como se fazia há 400 anos na casa de Pedro Crespo – o personagem central da peça “O Alcaide de Zalamea” – em pratos de barro, com comida da época e ver ali mais teatro. Também complementamos com visitas ao Castelo mandado construir pelo nobre Juan de Zúñiga y Pimentel, onde se escreveu a primeira gramática castelhana, visitar a casa de Pedro Crespo, onde pensamos que é a casa de o Alcaide de Zalamea. Criámos dentro do teatro uma oferta cultural grande para que o visitante que chegue a Zalamea sinta o que é o teatro e o século de ouro”, conclui o Alcalde do município de Zalamea de la Serena.

0

Cruzando caminhos, festivais, enoturismo e os seus encantos paisagísticos são algumas das valências que a região das Rías Baixas, em Espanha, veio promover à capital portuguesa através de uma comitiva da Deputación de Pontevedra, no Centro Galego de Lisboa.
De visita a Portugal, durante três dias, a comitiva apresentou esta manhã, o seu programa “Rías Baixas – Muito por Descobrir”, culminando com um showcooking com o chef Adrián Albino, do restaurante Niño Corvo de Vigo, ao som da banda galega Mecanismo Ruso.
Carmela Silva, presidente da Deputación de Pontevedra, começou por sublinhar a proximidade entre os dois países, referindo que Rías Baixas é um destino fantástico que deve ser divulgado no mundo inteiro. A gastronomia única e singular, que mantém a tradição, mas adaptada aos dias que correm e que só nesta região conta com seis Estrelas Michelin, o extenso e rico património natural, cultural e histórico, os seus vinhos mundialmente conhecidos, onde se inclui o Alvarinho, as praias, os festivais e as seis rotas do Caminho de Santiago que cruzam toda a região são apenas algumas das razões mais do que suficientes para convidar a uma visita.
Visita essa agora mais facilitada com a abertura da rota da companhia aérea TAP, Lisboa-Vigo, em junho do ano passado. Uma frequência diária, que une os dois países em 50 minutos.

 

* Leia o artigo completo na edição 362 da Revista VIAJAR

0

A Região de Turismo do Algarve participa este ano, pela primeira vez, na 4.ª edição da FIT – Feira Ibérica de Turismo, que se realiza no Parque Urbano do Rio Diz, na Guarda, de 28 de abril a 1 de maio. O Algarve promove-se e apresenta a sua oferta diferenciadora na cidade mais alta de Portugal, com o intuito de captar mais turistas nacionais e espanhóis. Em destaque estará ainda o turismo de natureza, um segmento prioritário da edição de 2017 da FIT.

A Região de Turismo do Algarve (RTA) marca presença neste certame, que se assume como uma oportunidade única para divulgar e promover a região junto do mercado interno alargado, dando a conhecer as potencialidades do destino aos turistas provenientes do Centro do país e aos turistas espanhóis, que se encontram a apenas 50 quilómetros da Guarda.

«A cidade da Guarda tem uma localização privilegiada para a promoção do intercâmbio turístico a nível ibérico, pois encontra-se à mesma distância das duas capitais, Lisboa e Madrid. Participar na FIT é uma oportunidade singular para os operadores e agentes turísticos algarvios estabelecerem contactos privilegiados, desenvolverem parcerias, e darem a conhecer os seus produtos e serviços, junto do mercado interno alargado» explica Desidério Silva, presidente da Região de Turismo do Algarve, que também participará na sessão oficial de abertura da FIT.

Desidério Silva acrescenta ainda que “pela proximidade geográfica e pela partilha comum de inúmeros traços culturais, Espanha é um dos mercados estratégicos para o Algarve, nomeadamente em épocas mais baixas. Este ano, gostaríamos de ver o mercado espanhol entrar no ranking dos 5 principais mercados emissores do Algarve. É assim fundamental que a região invista em certames desta importância, para aumentar a aposta numa promoção de proximidade».

À semelhança do que aconteceu na FITUR, a RTA marca presença num stand conjunto com o Turismo do Porto e Norte de Portugal, em que o Município de Tavira apostará na divulgação da Dieta Mediterrânica. Cabo Verde é o país convidado e a Extremadura é a região de Espanha em destaque nesta 4ª edição da FIT. Esperam-se, este ano, a participação de operadores hoteleiros, Comunidades Intermunicipais, Comissões Vitivinícolas, Regiões de Turismo, empresas de turismo ativo, agências de viagens, Câmaras Municipais e Associações que farão da FIT 2017 um evento chave na cooperação ibérica.

0

O Turismo Centro de Portugal (TCP) recebeu, esta terça-feira, mais uma prestigiante distinção, no decorrer da 2.ª edição dos Prémios de Turismo da Extremadura “Gente Viajera”. O Turismo Centro de Portugal ganhou o prémio referente ao “Turismo Português”, durante a gala que se realizou na cidade espanhola de Cáceres.

O galardão, atribuído pela rádio Onda Cero Extremadura, distinguiu o Turismo Centro de Portugal “pela sua estreita cooperação transfronteiriça na área do turismo”. Recorde-se que o TCP e a Junta de Turismo da Extremadura elaboraram recentemente, de forma conjunta, o “Mapa Transfronteiriço Centro de Portugal e Extremadura”, uma primeira ação realizada no âmbito de uma estratégia de promoção turística comum entre os dois territórios.

Além do Turismo Centro de Portugal, também o Turismo do Alentejo foi distinguido.

Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, recebeu e agradeceu o prémio, que aumenta a “responsabilidade” para quem o recebe. “É uma responsabilidade acrescida para nós, para o Centro de Portugal e também para a Extremadura. Este prémio significa somar: somar cooperação, somar pessoas, somar destinos. Este é um dos desafios que temos pela frente”, sublinhou.

“O que fizemos até aqui é muito pouco, comparado com o que temos de fazer daqui para a frente. Este é o nosso compromisso: trabalhar com dedicação, sabendo que o turismo é mais do que uma atividade cultural e uma atividade económica – é também uma responsabilidade social”, acrescentou, dirigindo-se a Francisco Martín, diretor-geral do Turismo da Extremadura.

A Onda Cero, promotora dos prémios, é a segunda cadeia generalista de rádio espanhola em audiência. Tem 220 emissoras.

0

O Turismo Centro de Portugal foi distinguido com mais um prestigiante prémio, que vem enriquecer o seu já recheado palmarés. Agora, a entidade foi galardoada em Espanha, na 2.ª edição dos Prémios de Turismo da Extremadura “Gente Viajera”.

Os Prémios de Turismo da região espanhola são atribuídos pela rádio Onda Cero. O júri atribuiu, por unanimidade, o prémio “Turismo Português” ao Turismo Centro de Portugal, “pela sua estreita cooperação transfronteiriça na área do turismo”. Os prémios vão ser entregues numa gala que decorrerá no próximo dia 18 de abril, em Cáceres.

Recorde-se que o Turismo Centro de Portugal e a Junta de Turismo da Extremadura elaboraram recentemente, de forma conjunta, o “Mapa Transfronteiriço Centro de Portugal e Extremadura”, uma primeira ação realizada no âmbito de uma estratégia de promoção turística comum entre os dois territórios. O mapa promove junto do grande público, em Espanha e Portugal, alguns dos principais recursos e produtos turísticos existentes nestas duas regiões.

“Este prémio, com que a Onda Cero nos honra, representa muito para o Turismo Centro de Portugal. É mais um sinal de que estamos no caminho certo e uma prova de que tanto o Centro de Portugal como a Extremadura ganham com uma aproximação e uma estratégia integrada: juntos, os territórios vizinhos chegam mais longe. É um exemplo que o Centro de Portugal e a Extremadura estão a dar a outras regiões”, sublinhou Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

“A linha de fronteira que, durante muitos anos, foi um constrangimento e uma dificuldade, hoje é uma vantagem evidente para as duas regiões. Os produtos turísticos do Centro de Portugal podem ser potenciados com esta parceria. O património cultural, material e imaterial, o turismo de natureza, a gastronomia, todos os produtos ganham com uma abordagem integrada entre as duas regiões vizinhas”, acrescentou.

A Onda Cero, promotora dos prémios, é a segunda cadeia generalista de rádio espanhola em audiência. Tem 220 emissoras.

0

A TAP vai passar a operar, a partir de 13 de junho, mais um voo para Valência, em Espanha, já disponível para reserva.

A nova frequência permitirá aos passageiros partirem de Lisboa às terças-feiras e sábados às 16:00, às quartas-feiras às 16:15, às quintas e sextas-feiras às 16:25 e aos domingos às 16:45. O regresso de Valência será feito às terças-feiras às 19:45, aos sábados às 19:35, às quartas-feiras às 19:50, às quintas e sextas-feiras às 20:00 e aos domingos às 21:10.

Este novo voo vem juntar-se às outras duas frequências que a companhia operava, uma diária e outra seis vezes por semana (não opera ao sábado), com partidas de Lisboa às 8:20 e regresso de Valência às 11:55 (voo diário) e com partida de Lisboa às 20:40 e regresso de Valência às 6:25 do dia seguinte (voo disponível seis vezes por semana).

O mercado espanhol é de grande importância para a TAP, já que representa 10 por cento do total do tráfego da rede da Companhia, sendo o segundo país mais representativo. Esta importância aumenta pelo facto de estas rotas significarem frequentemente tráfego de ligação para a restante rede TAP, nomeadamente para a América, África, Açores e Madeira.

No caso de Valência, 40 por cento dos passageiros viajam com ligação para outros destinos, com destaque para o Porto, Funchal, Nova Iorque, Miami, Boston, São Paulo e Dakar.

No primeiro trimestre deste ano, já voaram entre Portugal e Espanha perto de 413 mil passageiros, o que representa um aumento de 30 por cento face ao mesmo período de 2016.

No período de Verão de 2017, a TAP vai oferecer um total de 198 voos por semana entre Portugal e Espanha, mais 23 do que no mesmo período de 2016.

Atualmente, a TAP voa para Madrid, Barcelona, Astúrias, Bilbao, Corunha, Málaga, Sevilha, Valência e Vigo, tendo anunciado recentemente Alicante e Gran Canaria como novos destinos, já disponíveis para reserva, e que terão início de operação a 10 de junho.

0

A Costa Cruzeiros, a Ibéria e a Comunidade de Madrid uniram-se numa inovadora proposta de viagem que combina alguns dos melhores cruzeiros Costa no Mediterrâneo com uma estada em Madrid, envolvendo diferentes opções de lazer, cultura e gastronomia.

No seu compromisso com a inovação e a oferta de experiências cada vez mais relevantes, a Costa Cruzeiros, a Ibéria e a Comunidade de Madrid apresentaram um pacote exclusivo de viagem que vem acrescentar uma estada de até dois dias ao cruzeiro dos turistas portugueses que viajam com a Costa.

Deste modo, todos os clientes provenientes da capital portuguesa poderão voar com a Ibéria para Madrid e assim aproveitar uma escala de dois dias na capital espanhola, antes do voo de ligação ao seu cruzeiro Costa no Mediterrâneo. Integram-se neste contexto os cruzeiros no Costa neoRiviera, à partida de Tarragona, no Costa Diadema, à partida de Barcelona, e no Costa Deliziosa, cujos itinerários contemplam viagens à partida do porto italiano de Bari.

Na apresentação desta nova parceria em Lisboa, Raffaele D’Ambrosio, diretor geral da Costa Cruzeiros para Espanha e Portugal, destacou a importância desta nova experiência. “Estamos muito satisfeitos por oferecer aos portugueses, com esta nova opção, uma proposta que acrescenta valor às suas viagens nos nossos melhores cruzeiros. Graças à colaboração da Comunidade de Madrid e da Ibéria, os nossos clientes provenientes de Portugal podem agora concretizar, de forma ainda mais convidativa, a sua ligação aos nossos cruzeiros, aproveitando uma agradável estada em Madrid, destino de primeira linha a nível cultural, gastronómico e de lazer. Sem dúvida que esta parceria reforça o nosso compromisso com a oferta de experiências de viagem distintivas aos nossos clientes”, afirmou.

O diretor geral de Turismo da Comunidade de Madrid, Carlos Chaguaceda, também presente na sessão de apresentação, assinalou que existem mais de 22 milhões de turistas de cruzeiros a nível mundial, oito milhões dos quais passaram por Espanha em 2016, país que se converte assim no segundo destino europeu de viagens de cruzeiro. “Neste mercado há um nicho importante de turismo de qualidade de alto valor acrescentado, gerando um importante impacto económico na região que tem de ser aproveitado”, explicou. Carlos Chaguaceda fez notar que, “de acordo com os principais tópicos da Estratégia de Turismo da Comunidade de Madrid, o caminho passa pela oferta de novos produtos que confiram dimensão maior à já diversificada oferta da região, acrescentando-lhe valor e captando um fluxo turístico com capacidade aquisitiva, gerador de emprego e riqueza”. O objetivo da Comunidade de Madrid passa por “atrair um turismo de maior qualidade, que passe mais noites na região e que represente mais receitas para as nossas diferentes ofertas de lazer, cultura e gastronomia, entre outras”.

Por seu lado, Celia Muñoz, gerente de Vendas da Ibéria para as regiões EMEA e Ásia, considera que “Portugal é um dos países que melhor se harmoniza com a nossa rede de destinos. Oferecemos 126 voos semanais à partida de Lisboa e do Porto, com destino a Madrid, a que se juntam as ligações a Faro e ao Funchal durante os meses de verão. Esta nova opção vem permitir aos nossos clientes personalizar e completar a sua viagem com uma estada em Madrid, região que tem muito para oferecer.”