Turismo Centro de Portugal e Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra estreitam colaboração

A Turismo Centro de Portugal (TCP) e a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) assinaram hoje um protocolo entre as duas instituições, que tem como âmbito o apoio da TCP ao Mestrado em “Alimentação: Fontes, Cultura e Sociedade”, oferecido pela FLUC.

Ao abrigo deste Protocolo, que foi assinado por Pedro Machado, presidente da TCP, e Albano Figueiredo, diretor da FLUC, a Turismo Centro de Portugal oferece um Prémio de Mérito anual destinado ao melhor estudante deste Mestrado. O prémio será atribuído após a conclusão do Curso ao Mestre em Alimentação cuja dissertação, relatório de estágio ou projeto tenha versado sobre assunto do âmbito regional sob jurisdição da Turismo Centro de Portugal. A seriação do estudante para atribuição do Prémio de Mérito é da competência da Faculdade de Letras, que dela dará conhecimento à Turismo Centro de Portugal.

O Prémio de Mérito terá o valor anual de 1.250 euros, correspondente ao valor de um ano de propina de frequência do Curso.

O Protocolo prevê ainda, entre outros aspetos, que a Turismo Centro de Portugal colabore na divulgação do Mestrado e o promova entre os seus associados ou entre instituições ou pessoas que constituam o potencial universo de candidatos.

“Este protocolo resulta de uma cooperação estratégica entre a nossa Universidade e a Turismo Centro de Portugal, uma instituição que tem como função principal a valorização dos recursos e dos produtos turísticos. É um protocolo que valoriza o conhecimento, e muito em particular a transferência desse conhecimento, numa atividade, a turística, que foi sempre muito parca em conhecimento científico, ao contrário de outras áreas do saber”, considerou Pedro Machado, no momento da assinatura.

“Precisamos de continuar a apostar na especialização e na formação de todos aqueles que estão associados à atividade turística, num tempo particularmente difícil, em que escasseiam recursos humanos com qualificações. A relação com os centros de especialização e de investigação, a transferência do conhecimento, é absolutamente crítico para que continuemos a apostar na qualidade e na qualificação da oferta. Queremos continuar a desenvolver este trabalho de parceria e de cooperação e atrair, desta forma, os melhores para este curso de Mestrado”, acrescentou.

“Durante muitos anos, Portugal posicionou-se como um destino de sol e praia, um destino monoterritorial, e isso fez com que algumas regiões tivessem crescido mais do que outras. Hoje, felizmente, há novos segmentos, desde a Cultura, ao Património e à Gastronomia, que ocupam um lugar próprio no posicionamento de Portugal. Como consequência, regiões que não estiveram na primeira linha da afirmação de Portugal, estão a sê-lo hoje, como é o caso do Centro de Portugal”, disse ainda o presidente da Turismo Centro de Portugal.

O diretor da FLUC, por seu lado, começou por lembrar a “já longa e muito frutuosa cooperação” entre a Faculdade e a TCP. “Com o presente instrumento renovamos e atualizamos outro documento, subscrito em 2010 e, que tão proveitoso foi para o nosso Mestrado em ‘Alimentação: Fontes, Cultura e Sociedade’. A concessão de um Prémio de Mérito anual ao melhor estudante deste Mestrado é algo de único e que queremos registar como ato de forte incentivo à produção científica e académica em torno de assuntos do interesse comum e aos quais instituições como as nossas querem naturalmente continuar a estar associados”, sublinhou Albano Figueiredo.

“Este mestrado vem mantendo ótimas relações institucionais de trabalho e colaboração com muitas e várias entidades nacionais e internacionais. Mas com nenhuma outra entidade temos uma relação de tão forte cooperação como a que mantemos e desejamos continuar a manter com a Turismo Centro de Portugal”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here