Valência nomeada Capital Europeia do Turismo Inteligente 2022

Valência foi nomeada esta terça-feira Capital Europeia do Turismo Inteligente 2022. A candidatura da cidade foi escolhida por um júri da Comissão Europeia, especializado em acessibilidade, sustentabilidade, digitalização, património cultural e criatividade. O compromisso de Valência em desenvolver projetos que promovam o turismo inteligente; o trabalho em rede e o incentivo ao desenvolvimento do turismo inovador, sustentável e inclusivo, levou o júri a optar pela proposta valenciana.

Um total de 30 candidaturas de 16 países diferentes foram submetidas a esta iniciativa, promovida pela União Europeia. Cidades tais como: Ljubljana (Eslovénia), Copenhaga (Dinamarca), Dublin (Irlanda), Florença (Itália) e Palma (Espanha) estiveram neste processo de seleção.

O Conselheiro de Turismo da Câmara Municipal de Valência, Emiliano García, mostrou-se muito satisfeito e afirmou que esta distinção da EU “é um reconhecimento do trabalho no domínio da sustentabilidade que o destino de Valência está a desenvolver, juntamente com o setor empresarial”. “Valência posiciona-se como um destino turístico cosmopolita, inteligente e sustentável, ao nível das grandes cidades turísticas e das capitais europeias. Estamos a liderar projetos pioneiros no campo da sustentabilidade, tais como o cálculo, certificação e redução de pegadas de carbono e água; ou o desenvolvimento de um Sistema de Inteligência Turística completo. Estamos a posicionar-nos como destino de filmagens internacionais graças à criação do Gabinete de Cinema; somos Capital Mundial do Design e, paralelamente, continuamos a maximizar o valor e a visibilidade do nosso património mais tradicional, tanto tangível como intangível”, acrescentou.

“Temos uma visão clara de quais são os nossos ativos mais importantes e promovemo-los ao máximo. Esta notícia é um estímulo para continuar a crescer, para tornar Valência cada vez mais acessível, sustentável e digitalizada”, concluiu o Presidente da Câmara.

A seleção de Valência como Capital Europeia do Turismo Inteligente será apoiada por especialistas em comunicação e desenvolvimento de marca ao longo de 2022. Durante o próximo ano, será produzido um vídeo promocional, uma grande escultura com hashtag será instalada num local de destaque e várias atividades promocionais e de visibilidade serão levadas a cabo no âmbito da União Europeia.

Turismo com baixas emissões

Valência desenvolveu a sua estratégia turística sobre o pilar da sustentabilidade, promovendo projetos que permitem avançar nas ODS. Assim, entre os projetos mais importantes e com maior impacto económico, social e ambiental está a auditoria da pegada de carbono e água da atividade turística, e o correspondente plano para a sua redução e compensação com o objetivo de alcançar a neutralidade de carbono no turismo até 2025.

Uma cidade que se move sem barreiras

Em termos de acessibilidade, destacam-se os esforços feitos para aumentar o espaço dedicado aos peões, o compromisso com a mobilidade sustentável – com mais de 156 kms de ciclovias -, a promoção de instalações com equipamento especial e a eliminação de barreiras arquitetónicas, bem como os projetos desenvolvidos para adaptar a oferta turística às pessoas com mobilidade reduzida

Os projetos que já melhoraram a experiência dos turistas

Em relação à terceira das categorias avaliadas, a digitalização, esta está orientada em duas direções: por um lado, para a gestão da experiência turística e, por outro, como instrumento de competitividade empresarial. Assim, foi promovida uma plataforma de dados (SIT-Tourist Intelligence System) para a tomada de decisões no setor empresarial valenciano, ferramentas de comunicação com turistas (chatbots), cinco quiosques inteligentes de informação turística – que ajudam os viajantes 24 horas por dia, 7 dias por semana – bem como experiências de geocaching para descobrir a cidade e alguns dos seus principais recursos através de aplicações digitais, tais como o Santo Graal.

Disfrutar de Valência 365 días por ano

No que diz respeito ao património cultural, destaca-se o carácter vanguardista e histórico de Valência, uma cidade cosmopolita e mediterrânica que preserva importantes Sítios do Património Mundial da Unesco – tanto tangíveis como intangíveis – como as Fallas, a Lonja de la Seda e o Tribunal de las Aguas. Além da proposta de declarar a Paella como Património Intangível da Humanidade. A candidatura destaca a agenda cultural relevante da cidade; os reconhecimentos internacionais – como o World Design Capital 2022 – bem como as sinergias criadas entre as indústrias culturais, criativas e turísticas que, entre outras, permitiram o desenvolvimento do Gabinete de Cinema de Valência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here