Vila Galé investe 90M€ em Portugal e Brasil

Vila Galé investe 90M€ em Portugal e Brasil

0

Os Hotéis Vila Galé estão a investir mais de 90 milhões de euros no seu plano de expansão em Portugal e no Brasil, num total de seis unidades de quatro e cinco estrelas – quatro em Portugal e duas no Brasil – que abrirão portas entre abril deste ano e o início de 2020.

O primeiro a ser inaugurado será o Vila Galé Collection Elvas, de cinco estrelas, o primeiro a que se candidataram do Programa Revive, no qual estão a investir mais de oito milhões de euros. Gonçalo Rebelo de Almeida, administrador daquele que é o segundo maior grupo hoteleiro português, adiantou, num encontro com a comunicação social, esta quarta-feira, que a abertura está prevista para “o final de abril, início de maio”.

Já a norte, mais propriamente no Douro, perto de Peso da Régua, o responsável afirmou que por volta da mesma altura irá abrir a primeira fase do Vila Galé Douro Vineyards, com oito suites, receção e restaurante/bar. A conclusão da restante obra está prevista para a primeira metade de 2020, com mais 41 suites. O investimento total é de 10 milhões de euros.

No final de 2019 ou início de 2020 será a vez da primeira unidade do grupo na Serra da Estrela abrir portas ao público, sendo que “as obras arrancam agora”. Também neste caso o investimento rondará os 10 milhões de euros.

“Agora em fase final de licenciamento, com a construção a iniciar nas próximas semanas”, Gonçalo Rebelo de Almeida encontra-se o Vila Galé Alter Real, em Alter do Chão, naquele que será o primeiro projeto de turismo equestre do grupo, o segundo da Vila Galé no Programa Revive. O investimento será de oito milhões de euros e a abertura está prevista para o início de 2020.

Do outro lado do Atlântico, no Brasil, o grupo irá juntar mais duas unidades ao seu já largo portfólio.

Em carteira está o primeiro hotel Vila Galé no maior centro de negócios daquele país, São Paulo. Numa localização privilegiada, junto à Avenida Paulista, na área da Bela Cintra, e “em fase final de aprovação de projetos”, o hotel resultará da “reconversão de um atual edifício de escritório”, num investimento de 80 milhões de reais (cerca de 18,75 milhões de euros ao câmbio diário). A inauguração está prevista para 2020.

A segunda unidade que o grupo português irá desenvolver em terras de Vera Cruz será um novo resort, em regime de all inclusive, na região de Ilhéus, na praia de Unas. O Vila Galé Costa do Cacau terá mais de 500 quartos e resultará de um investimento de 150 milhões de reiais (cerca de 35,15 milhões de euros). A abertura está igualmente prevista para 2020.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply