Volvo Ocean Race regressa a Lisboa

0
499

A Volvo Ocean Race vai voltar a Portugal, mais concretamente a Lisboa.

Esta será a terceira vez que a Volvo Ocean Race visita Lisboa e verifica-se após o sucesso alcançado na edição de 2015, tendo sido considerado por todas as equipas como um dos melhores de toda a regata.

Na edição de 2017, Lisboa será o segundo stopover, estando o início da prova previsto para a cidade espanhola de Alicante. Como curiosidade, destaque para o facto de esta ser a primeira vez na história da Volvo Ocean Race que os barcos, depois da partida, rumam a norte. A segunda etapa da competição ligará Lisboa a Cape Town, numa recriação histórica do percurso realizado há mais de 500 anos por Vasco da Gama.

“Lisboa, cidade de vocação marítima por excelência, porto de chegadas e partidas, vai continuar a acolher a Volvo Ocean Race, dando continuidade ao sucesso da edição anterior, que contou com mais de duas centenas de milhar de visitantes, afirmando-se como polo internacional de provas náuticas de dimensão mundial”, destaca Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, durante a apresentação do evento nos Paços do Concelho.

“Sabemos que Lisboa irá oferecer um porto vibrante e bem equipado para a nossa frota após a primeira etapa de Alicante, assegurando assim que a próxima edição em 2017-18 irá começar em grande”, destaca Antonio Bolãnos, CEO da Volvo Ocean Race, acrescentando: “Gostava de agradecer a todos os envolvidos em tornar este ambicioso projecto uma realidade, em particular ao governo português e às autoridades locais da cidade de Lisboa. O futuro não podia ser mais entusiasmante.”

Esta paragem dos barcos da Volvo Ocean Race em Lisboa reveste-se de especial importância na medida que o estaleiro da competição está já sedeado na Doca de Pedrouços, o que irá assegurar um ano de stopover das várias embarcações da prova. Assim, toda a manutenção e upgrade dos barcos será feita em Lisboa, com um inevitável impacto económico na cidade.

De acordo com José Pedro Amaral, diretor-geral da Sail Portugal, empresa responsável pelo stopover Lisboa da Volvo Ocean Race, “a localização do Boatyard na cidade irá aumentar consideravelmente a exposição mediática internacional do país, funcionando como um hub da Volvo Ocean Race”. Segundo o mesmo responsável, Lisboa poderá vir a funcionar como uma base de treino para muitas equipas e “será um grande passo para vir a ser a futura sede da Volvo Ocean Race”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here