Aviões russos deixam de poder sobrevoar países da União Europeia

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou, este domingo, 27 de fevereiro, o encerramento do espaço aéreo de todos os 27 estados-membro da União Europeia a voos de companhias aéreas russas.

“Deixem-me ser muito clara, o nosso espaço aéreo estará encerrado para todos os aviões russos e isso inclui os aviões privados dos oligarcas”, afirmou a responsável.

Desta forma, todos os voos realizados em aviões de propriedade russa, quer estejam registados na Rússia ou sejam controlados por entidades pertencentes àquele país, deixam assim de poder sobrevoar o espaço aéreo da União Europeia e, consequentemente, aterrar ou levantar voo em qualquer um dos 27 países membros.

Este tipo de sansões contra a Rússia também já passou além da União Europeia, com o Reino Unido e o Canadá a seguirem os mesmos passos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here