Alojamento e restauração perdem mais de 76 mil trabalhadores em 2021

In the Bar/ Restaurant Waiter Takes Order From a Diverse Group of Friends. Beautiful People Drink Wine and Have Good Time in this Stylish Place.

Em 2021, de acordo com o INE, o canal HORECA empregava 244.400 trabalhadores (65.900 no alojamento turístico e 178.500 na restauração e similares), o que se traduz numa perda total de 76.300 trabalhadores face a 2019 (-16.100 no alojamento e -60.200 na restauração).

As atividades de alojamento e restauração perdem, assim, cerca de um quarto da força de trabalho que tinham em 2019. Apesar de, no verão de 2021, as empresas terem iniciado lentamente a retoma da sua atividade, esta tímida recuperação não encontrou paralelo no emprego, tendo o setor continuado a perder postos de trabalho: entre 2020 e 2021 foram perdidos 47.600 trabalhadores.

Considerando esta perda de proporções muito superiores à das restantes atividades económicas, a AHRESP considera ser “urgente reforçar as políticas de apoio à manutenção do emprego e à contratação de novos postos de trabalho no setor do turismo, devendo igualmente ser considerada a redução da carga fiscal associada ao emprego”. Para a associação é ainda “prioritário que sejam desenvolvidos esforços para que os nossos setores se tornem mais atrativos para os indivíduos em busca de emprego, permitindo às empresas recuperar os trabalhadores que foram deslocados para outras atividades no decurso da crise pandémica”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here