APAVT aponta o dedo a divergentes ações pontuais da TAP

2
805

Os TOP TAP 2015 foram entregues ontem à noite, no Convento do Beato, em Lisboa. A transportadora distinguiu os tour operadores e agências de viagens que mais venderam os voos TAP, tanto em Portugal como no Brasil.

Pedro Costa Ferreira, que esteve presente no evento e que discursou perante a plateia, proferiu que “este é o dia, em que fazendo um ponto de situação e perspetivando o futuro, festejamos uma relação tão antiga como a própria TAP. A relação entre a TAP e as agências de viagens. Uma relação que resistiu a várias crises económicas e ainda eventualmente mais importante, a uma desagradável confusão entre evolução tecnológica e menor capacidade de intervenção por parte dos agentes de viagens”.

Segundo o especialista, a presença de David Neeleman e de Fernando Pinto na cerimónia demonstra “um sinal de manutenção de proximidade e de manifestação de interesse pelo nosso setor”.

No entanto, Pedro Costa Ferreira aproveitou o momento para demonstrar o seu desacordo um algumas medidas tomas pela TAP em relação às agências de viagens. “Nunca tivemos e muito menos exprimimos a vontade de sermos um canal de distribuição privilegiado, ao invés, sempre defendemos a livre escolha do consumidor aquando da decisão de compra. É exatamente por assim ser que temos assumido sérias divergências relativamente a algumas ações pontuais da TAP que inviabilizam na sua perceção a intervenção dos agentes de viagens”, deixou presente, referindo ainda que casos como estes “não se coadunam com o historial de relacionamento  que tem seguido pela TAP e pelos agentes de viagem”.

A cerimónia dos TOP TAP decorreu no Convento do Beato e encerrou com um concerto de Áurea, onde a artista portuguesa apresentou o seu terceiro álbum pela primeira vez em público.

Artigos relacionados:

TAP distingue agências portuguesas e brasileiras nos prémios TOP TAP

Fernando Pinto: “2015 foi um ano de sucesso, relativo, mas de sucesso”

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here