“Can’t Skip Portugal” é a nova campanha internacional de promoção do Turismo...

“Can’t Skip Portugal” é a nova campanha internacional de promoção do Turismo de Portugal (Vídeo)

0

Can’t Skip Portugal” é o nome da campanha internacional de promoção que o Turismo de Portugal apresentou ontem, no Teatro São Luiz, em Lisboa. Uma campanha que vai passar exclusivamente em meios digitais, com um investimento de 10 milhões de euros até ao final do ano e que arranca em 20 países.

A dar suporte a esta campanha está ainda o site www.cantskipportugal.com, “o primeiro guia emocional de viagens do mundo”, como o descreve Tomás Froes, diretor-executivo, acrescentando que esta será mais uma ferramenta que permite ao visitante escolher vários destinos consoante o seu estado de espírito. Um site que será alimentado pela equipa do Turismo de Portugal.
Ao todo são quatro, os filmes promocionais, que convidam a uma visita a Portugal e que segundo Tomás Froes não são apenas “cartões de visita iguais a tantos outros que andam por aí, mas sim uma mensagem emocional que mostra um Portugal que é impossível de evitar. Todos os dias há uma razão para visitar Portugal, a nível económico porque estamos a crescer, desportivo porque somos Campeões da Europa de Futebol, gastronómico porque temos inúmeros restaurante com Estrelas Michelin e vinhos com nota 100, portanto não há forma de evitar visitar Portugal.”
Com textos de Ivo Purvis e Pedro Lima e dirigidos por Pedro Varela, os filmes contam a história de James (um empresário que decide descansar na natureza), Cloé (uma jovem estudante francesa que procura inspiração e novas ideias em ambiente de cidade) e um sexagenário alemão de 65 anos que procura um novo destino para viver em Portugal.
Reino Unido, Alemanha, França, Espanha, Brasil, EUA, China, Holanda, Itália, Irlanda, Rússia, Canadá, Índia, Noruega, Suécia, Dinamarca, Finlândia, Áustria, Bélgica e Polónia são os mercados em que esta campanha aposta para promover o país. Segundo o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, “esta campanha tem um aspeto diferenciador que é o foco nas pessoas – que aliás também é a nossa estratégia, nós Turismo de Portugal e de todos aqueles que trabalhamos em turismo, pensamos que é importante para o futuro do país e para aqueles que nos visitam, olharem-nos como pessoas, como irmãos, como semelhantes e com lugares e experiências que de facto nos marcam. O que nós queremos no fundo é desbravar este mercado de experiências.”
Já para o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que presidiu a sessão de apresentação, que contou também com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho: “Com esta campanha queremos dar a conhecer um Portugal diferente e mostrar às pessoas que já visitaram o país, que há outras paisagens, com outras coisas a acontecer e, portanto, motivar a que voltem, que venham com outra perspetiva. Mas é também dirigida a mercados novos, em que estamos de facto a apostar numa imagem diferente de Portugal, que há muito para experienciar e que não podem escapar a essa ideia de um dia visitarem Portugal.”
Questionado sobre a importância deste tipo de campanhas, o mesmo responsável garantiu que a “promoção digital tem sido muito grande assim como a publicidade sobre o destino Portugal, mas o mais importante é que também se têm criado rotas para que as pessoas o possam fazer. As pessoas podem ter motivos para nos visitar, mas se não tiverem ligações acabam por não vir e se chegarem e não encontrarem um bom serviço de hotelaria, bons restaurantes e pessoas acolhedoras também não vão gostar e não vão ter a experiência que a publicidade lhes sugere.”
O ministro da Economia sublinhou ainda o facto destes quatro filmes promocionais terem sido filmados durante o mês de dezembro, demonstrando que Portugal é bom para visitar em qualquer altura do ano, incluindo nos meses de inverno.

 

 

 

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply