“Fazer!” é o tema do próximo congresso da APAVT

“Fazer!” será o tema do próximo congresso da APAVT, que terá lugar em Ponta Delgada, de 8 a 11 de dezembro. O anúncio foi feito esta manhã, dia 30 de setembro, em Lisboa, num encontro com jornalistas do trade.

A escolha do tema deve-se, segundo Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, ao facto da associação pretender “contribuir para uma política mais próxima da realização e construção, com menos momentos de anúncio do que eventualmente um dia vai acontecer”.

Para o dirigente associativo, “são as associações que fazem a diferença, as empresas que fazem a diferença e os trabalhadores que realizam que fazem também essa diferença”. Por isso, “é importante pensar, é importante discutir, é importante definir uma estratégia” e, com este tema, “desafiar políticas de anúncio em lugar de políticas de realização ou de atos de realização”.

E porque o novo aeroporto de Lisboa está sempre na ordem do dia, “Fazer!” tem em vista também a nova infraestrutura aeroportuária. Pedro Costa Ferreira deixou claro o seu desapontamento sobre o anúncio de Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, “quando disse que ia fazer o Montijo e que, atingidos determinados parâmetros, iria fazer Alcochete”, lamentando que estas palavras “não tenham passado de um mero anúncio”.

Na sua opinião, dando palavra aos agentes de viagens, esta seria “uma boa solução, porque seria a solução mais próxima do ano que vivemos, o Montijo, e que colocaria a possibilidade de fazer outro se houvesse necessidade”. No entanto, Santarém e Alcochete estão também em cima da mesa para poderem vir a receber o novo aeroporto de Lisboa, dependendo da avaliação da comissão técnica que fará a Avaliação Ambiental Estratégica, até ao final de 2023.

Temas e oradores

Pedro Costa Ferreira avançou que em todos os painéis do congresso irão “desafiar os congressistas a falarem menos do que tem corrido pior, apenas o necessário, para expressarem o que é que temos que fazer melhor”.

Entre os temas estarão os grandes desafios do turismo português, o crescimento do país, novos mercados e diversificação de produto, e o turismo nos Açores, região anfitrião do congresso. Á semelhança do último congresso, irá haver ainda uma sessão paralela ao congresso, exclusiva para agentes de viagens associados da APAVT.

Embora os oradores participantes ainda não estejam fechados, entre os confirmados encontram-se Carlos Guimarães Pinto (deputado da Iniciativa Liberal), Pedro Siza Vieira (ex-ministro da Economia), Nadim Habib (economista e conselheiro coordenador da SEDES), Luís Rodrigues (presidente da SATA) Álvaro Covões (Everything is New), Ribau Esteves (presidente da Câmara Municipal de Aveiro), Catarina Valença (especialista em património cultural), Filipe Silva (Turismo de Portugal), Margarida Almeida (Amazing Evolution) e Frank Oostdam (presidente da ECTAA).

Durante a sessão exclusiva aos agentes de viagens, Pedro Costa Ferreira avançou que irão ser debatidos temas como “os novos processos de certificação na área da sustentabilidade e serviço ao cliente”, tendo dado como exemplo o Checked by Deco.

Uma retrospetiva do que a associação tem vindo a fazer no último ano, as áreas de intervenção para o próximo ano e os processos de apoios ainda muito centrados no crédito e no Banco de Fomento irão ser igualmente abordados durante esta sessão com os agentes de viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here